Lorem quis bibendum auci Lorem gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit. Duis sed odio sit amet nibh vulputate cursu. Ut enim ad minim veniam.

Follow me on instagram

© 2016 Your Business Name!

Organizações de apoio à profissionais do sexo pelo Brasil para ajudar durante a quarentena

Organizações de apoio à profissionais do sexo pelo Brasil para ajudar durante a quarentena

A Rede Global de Projetos de Trabalho Sexual (NSWP na sigla em inglês) e o UNAIDS publicaram no dia 8 de abril uma declaração conjunta (que pode ser lida na integra aqui)  pedindo que os “países garantam o respeito, a proteção e o cumprimento dos direitos humanos das profissionais do sexo”. O apelo se dá pela falta quase total de legislações e direitos das e dos profissionais da área que perderam totalmente suas possibilidades de trabalho por conta da pandemia do coronavirus.

A carta foi também publicada pela ONU Brasil que complementou com relatos da situação das e dos profissionais pelo mundo em uma matéria que pode ser lida aqui.

No Brasil diversas organizações se articulam para dar suporte para quem precisa, mas diante do descaso do poder público, acabam precisando de um suporte maior da sociedade civil, por isso listamos aqui algumas iniciativas para quem puder colaborar.

APRORN

Localidade: Natal
Contato: Diana Soares (84) 98806-5395, (84) 3033-1651
Descrição: Vem articulando cestas básicas para trabalhadores e trabalhadoras sexuais no município com o
poder publico local e através de doações. Um canal virtual tb foi aberto para facilitar a
comunicação com prostitutas sobre o Covid-19 e apoios disponíveis para elas nesse momento
de isolamento social.

SEMTAS – Secretaria de Assistência Social de Natal

Localidade: Natal
Contato: (84) 98870 – 3327 / (84) 98870 – 3861;
Descrição: Está recebendo doações para a População em Situação de Rua, Refugiados,
LGBT e Profissionais do sexo. Na Av. Bernardo Vieira SEMTAS.

APPS

Localidade: Recife
Contato: Vania Rezende (81) 8345-6766
Descrição: Mobilizando através das redes sociais com associadas e articulando apoio da
Secretaria da Mulher de Pernambuco.

VITORIA REGIA

Localidade: Ribeirão Preto
Contato: Vitória Regia: (16) 99638-7064
Descrição: Através de articulações locais, a organização tem garantido cestas básicas para
as profissionais do sexo do município.

AMOCAVIM

Localidade: Rio de Janeiro
Contato: Cleide Almeida (21) 96446-9120
Campanha: http://vaka.me/976372
Descrição: Protagoniza uma campanha online que têm destinado recursos, alimentos e
produtos de limpeza para as profissionais, moradores e trabalhadoras da Vila. Através de
parcerias com o Ministério Público do Trabalho, Caritas e a CasaNem, tem conseguido algumas
cestas básicas para as mulheres da Vila e criou uma Vakinha para ampliar as parcerias e
levantar mais recursos e doações.

APROSMA

Localidade: São Luiz
Contato: Maria de Jesus Almeida Costa (98) 8419-0077
Descrição: Com quase todas as casas fechadas, APROSMA articulou com a Secretaria de
Direitos Humanos do Estado, cestas básicas para as prostitutas e outras populações em
necessidade na área central do município.

Mulheres da Luz

Localidade: São Paulo
Contato: www.mulheresdaluz.com.br / @ongmulheresdaluz;
Campanha: https://www.facebook.com/mulheresdaluz/
Descrição: Organizou uma campanha para as mulheres atingidas pela ONG no Parque da
Luz, um ponto de prostituição no centro de São Paulo que atualmente encontra-se fechado, e
as áreas entorno na estação da Luz, Sé, Praça Dom Pedro e Vale do Anhangabaú. Como parte
da campanha a ONG aceita doações em dinheiro e produtos alimentícios (como cestas básicas)
e de higiene (como sabão, sabonete, pasta de dente e álcool líquido ou em gel).

Iran Giusti é formado em Relações Públicas pela FAAP, atuou como gestor de redes sociais e gerente de projetos em agências de RP e Social Mídia e como jornalista foi repórter do canal de conteúdo LGBT do Portal iG e do BuzzFeed Brasil. Atualmente se dedica a gestão da Casa 1, um centro de acolhida e cultura LGBT e produção de conteúdos em que acredita.
No Comments

Leave a Reply