BLOG

HQ Ciranda da Solidão é republicada e ganha edição especial

Publicada originalmente em 2013, Ciranda da Solidão foi uma HQ pioneira no Brasil ao trazer histórias com protagonismo queer feitas por um autor assumidamente gay. Cada conto é um pungente retrato sobre como lidamos com relações afetivas ao longo da vida, desde o despertar de nossa sexualidade na adolescência, passando pelos encontros e desencontros amorosos na vida adulta, até o inevitável fim na terceira idade.

Nesta nova edição temos um novo projeto gráfico e duas histórias inéditas, sendo uma delas ilustrada pela talentosíssima Luiza Lemos, um dos grandes nomes da cena de quadrinhos LGBTQIA+ no Brasil.

O amor é a mais bela das manifestações humanas e não deve ser repreendido só porque ele não se enquadra nos termos heteronormativos impostos pela sociedade. O amor deve ser celebrado onde quer que ele floresça. Não importa qual orientação sexual, identidade de gênero, etnia ou religião, todes nós somos seres solitários dançando a eterna ciranda em busca de afeto. 

Em 2013, publicar uma obra como esta era uma dança solitária, mas hoje em dia, já é possível existir um evento como a POC CON, onde uma infinidade de artistas queers estão trazendo cada vez mais diversidade e representatividade aos quadrinhos brasileiros e mostrando para muitos detratores que quem “lacra” pode lucrar muito sim.

“Mário César tem desenho elegante e histórias bem urdidas.”

  • Laerte

“Ciranda da Solidão tem drama, comédia e romance em uma série de contos que tanto emocionam quanto divertem.”

  • Revista OGrito!

“Antes de Ciranda da Solidão, acho que eu nunca tinha lido uma HQ com tanta diversidade, com protagonistas LGBTQIAPN+ tão bem representados de forma honesta, com respeito, tão verossímeis e vivos. “

  • Adri A.

SOBRE O AUTOR

Seis vezes vencedor do Troféu HQ Mix, duas vezes finalista do Prêmio Jabuti e finalista do Prêmio Mix Literário, Mário César é autor e editor de histórias em quadrinhos, além de atuar como ilustrador e designer gráfico freelancer. Além disso, é co-criador e um dos organizadores da POC CON Feira LGBTQIA+ de Quadrinhos e Artes Gráficas.

Bendita Cura, seu trabalho mais conhecido, mostra como é ter a vida marcada pela homofobia e por terapias de reversão sexual conhecidas como “cura gay”. O obra ganhou uma edição definitiva, lançada pela Editora Conrad, e já foi traduzida para o inglês

e o francês.

FICHA TÉCNICA

CIRANDA DA SOLIDÃO – Edição Deluxe
Editora: EntreQuadros (Publicação Independente)

Formato: 128 páginas, colorido, formato 16x23cm, capa cartonada com orelhas
Preço de capa: R$ 60,00
ISBN: 978-85-924882-3-9

À venda pela Amazon e pelo site do autor: www.masquemario.net/loja

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Projeto “Lentes Coloridas” pesquisa perfil de profissionais LGBTQIA...

Casa 1 e Coletivo AMEM realizam Feira de Empregabilidade LGBTQIAPN+...

Conheça 10 pré-candidaturas LGBTQIA+ a prefeituras nas eleições de ...

Direitos LGBTQIAPN+ sob ataque no Congresso Nacional 

A nova adição na seção de obras autografadas, livros disponíveispar...

Instituições fazem mapeamento de candidaturas LGBTQIAPN+ para as el...

Com o tema “Aquilombar é Cura”, a Parada Preta 2024 aco...

Especialistas discutem os principais desafios de empregabilidade LG...

Pesquisa apresenta as maiores dificuldades das instituições LGBTQIA...

CUT lança cartilha de formação sindical como foco em pessoas trans

No fim das contas, ser orgulhosamente LGBTQIAPN+ era só moda mesmo

Senado aprova texto que cria recurso de proteção para LGBTQIA+ enca...