A obra do autor Alef Santana fala sobre  as questões e opressões que atravessam não só a monogamia, mas também corpos não-hegemônicos que a vivenciam. O livro intitulado “Bixa Ex- Monogâmica” foi produzido quando o autor se entendeu não-monogâmico e traz reflexões e problematizações de situações vividas por ele.

Leia a sinopse completa:

“Ainda que eu pudesse, de alguma forma, externalizar todos os meus sentimentos a respeito de ressignificar as formas de gestar afetos e, portanto, relações, ainda assim não acreditava que isso fosse o suficiente. Foi assim que surgiu “bixa ex-monogâmica” fruto de um empenho acadêmico, político e de interesse pessoal visto que, hoje, me identifico como pessoa não-monogâmica política. O livro, pequeno em quantidade de páginas, mas com uma certa densidade necessária para a reflexão de temáticas inerentes à não-monogamia, foi gestado ainda no final de novembro de 2020 quando estava em Recife e me expus ao exercício de revisitar alguns fatos marcantes do meu passado, à época, ainda uma bixa monogâmica. Contudo, essa “retrospectiva” foi realizada com a minha atual visão e concepção de bixa não-monogâmica. O livro pretende refletir algumas vivências pessoais minhas, sobretudo, as relações afetivas-amorosas, mas não se fixando somente a estas. Há narrativas que entrelaçam amizade, paixões e família, partindo sempre de um lugar e experiência de não-integralização na sociedade, o lugar que muitas de nós, bixas negras e afeminadas, socialmente ocupamos. Confesso, contudo, que não fiz do livro um diário, apesar de muitas das ideias temáticas partirem do meu diário pessoal. O tom do livro é, sobretudo, político, mas também social e em algum nível intelectual, visto que proponho tensionar algumas questões dadas, essencializadas e ensaio a proposta de outras reflexões. “Bixa ex-monogâmica” é o primeiro livro de uma trilogia a qual pretendo lançar nos próximos dois anos e que, sem dúvidas, é um dos meus trabalhos que possuem um significado e importância singular, especialmente pelo momento e fase de vida que experiencio. Por fim, não pretendo esgotar a discussão sobre a temática da não-monogamia, o movimento aqui, no entanto, é outro: de contribuir de forma reflexiva e singular na construção de produções científicas de (e com) sujeitos que, historicamente e socialmente considerados abjetos, cada vez mais assumem o protagonismo de suas próprias produções na contemporaneidade.”

Sobre o autor

Alef Diogo é Nordestino, natural de Recife. Tem formação na área de saúde, mais especificamente na Enfermagem. Fez a graduação em Enfermagem na Universidade de Pernambuco (UPE), mestrado em Enfermagem na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e atualmente cursa o Doutorado em Ciências – área de concentração em Enfermagem – na Universidade de São Paulo. Toda a sua trajetória acadêmica dentro da Enfermagem está voltada para os estudos de gênero, sexualidade dissidentes e suas imbricações/articulações com as Ciências Sociais e Humanas. Atualmente concentra esforços teóricos e intelectuais na temática da não-monogamia política de homens gays cisgênero.

Para comprar a versão digital do livro clique aqui.

Compartilhe:

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *