Duda Salabert (PDT-MG) e Erika Hilton (PSOL-SP) foram eleitas as primeiras deputadas federais trans do Brasil, neste domingo (2 out.), de acordo com os números de apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Duda foi eleita por Minas Gerais com mais de 200 mil votos, liderando a lista do partido. Erika passou do 250 mil em São Paulo, e é a segunda mais votada do partido no estado.

Número recorde

Ao menos 304 candidaturas LGBTI+ disputam as eleições deste ano, segundo levantamento da organização. São 249 candidaturas individuais e outras 55 coletivas — 26 delas com pessoas LGBTI+ como titulares.

As candidaturas para deputado estadual ou distrital são maioria, 187. Com exceção de Rondônia, todas as unidades da federação têm candidaturas LGBTI+ autodeclaradas a algum dos cargos em disputa. São Paulo (58), Minas Gerais (28) e Santa Catarina (23) são os estados com maior número de candidaturas.

Acesse o site da Diadorim.

Foto de capa: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.