BLOG

Brasil elege primeiras deputadas trans para a Câmara

Duda Salabert (PDT-MG) e Erika Hilton (PSOL-SP) foram eleitas as primeiras deputadas federais trans do Brasil, neste domingo (2 out.), de acordo com os números de apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Duda foi eleita por Minas Gerais com mais de 200 mil votos, liderando a lista do partido. Erika passou do 250 mil em São Paulo, e é a segunda mais votada do partido no estado.

Número recorde

Ao menos 304 candidaturas LGBTI+ disputam as eleições deste ano, segundo levantamento da organização. São 249 candidaturas individuais e outras 55 coletivas — 26 delas com pessoas LGBTI+ como titulares.

As candidaturas para deputado estadual ou distrital são maioria, 187. Com exceção de Rondônia, todas as unidades da federação têm candidaturas LGBTI+ autodeclaradas a algum dos cargos em disputa. São Paulo (58), Minas Gerais (28) e Santa Catarina (23) são os estados com maior número de candidaturas.

Acesse o site da Diadorim.

Foto de capa: Divulgação

Notícias Relacionadas

1ª ‘Marsha’ Trans, em Brasília, teve presença de deputadas federais...

‘Desnecessária’: Alesp encerra CPI da Transição de Gênero sem concl...

Paradas LGBTQIA+ viram alvo de perseguição política no Brasil

Casos de HIV cresceram 17% no Brasil, aponta boletim do Ministério ...

Deputadas federais LBTs apresentaram 21 PLs pró-LGBTQIA+, em 2023

Governo Lula anuncia a quarta edição da Conferência Nacional LGBTQIA+

‘Comissão’ da Memória e Verdade das Pessoas LGBTQIA+ se reúne pela ...

Por uma história visível: 20 anos de Movimento Bissexual no Brasil

Mulher trans teve cirurgia negada no SUS e leva Brasil à Corte Inte...

‘Se for evento hétero, podem’: vereadores querem impedir criança na...

MDHC prorroga prazo para participação social em levantamento sobre ...

Lula veta parcialmente projeto de marco temporal do Congresso