BLOG

“DAS PAREDES”: um cabaré delirante de tijolas libertárias cantando e derrubando paredes

Espetáculo no Sesc Pinheiros narra a ocupação de 4 TijolAs em uma parede aparentemente intransponível

Mistura de teatro, música, poesia e cinema, o espetáculo Das Paredes, de Letícia Coura, estreia no dia 8 de março, no Sesc Pinheiros, e fica em temporada até 18/3, de quarta a sábado, às 20h30.

Em linguagem musical e bem-humorada, o texto fala das Paredes: das que já vieram prontas, das que criamos todos os dias, das que constroem para nós e por nós. O lugar da mulher [nessas paredes]. Os tabus viram tótens nesse flerte com o absurdo que coloca as mulheres como TijolAs de uma parede firme e aparentemente intransponível.

Os trechos da dramaturgia funcionam como espelhos de situações cotidianas e/ou absurdas. Tudo acontece sob a ótica de 4 tijolos que discutem seu papel indispensável – ou não – na parede e como encarar as angústias de tijolo, tornar essa prisão mais visível, palpável, discutível. 

Toda a equipe é formada por mulheres. São as TijolAs-protagonistas, que atuam em cena e nos bastidores e discutem que Paredes são essas, e como derrubá-las. Toda a ficha técnica tem em comum o trabalho realizado em parceria em alguma montagem do Teatro Oficina e outros ao longo dos últimos anos, em diferentes espetáculos.

ESPETÁCULO FEZ PARTE DA I SEMANA DE VISIBILIDADE LÉSBICA DA CASA 1

A música é elemento essencial e inseparável do texto, com um repertório em sua quase totalidade original e composto pelas atrizes compositoras especialmente para o espetáculo. E é também personagem, surgindo das atrizes e seus instrumentos como possibilidade de libertação da parede. A música é o texto, o texto é música, e as artistas atuadoras são a ponte viva pulsante entre as linguagens.

O projeto abre uma janela nessas paredes fechadas, uma possibilidade de investigação artística sob uma ótica feminina, em contraponto ao domínio patriarcal que está na estrutura de todas as esferas do nosso dia a dia. 

SINOPSE

Uma parede é a personagem principal. Quatro cantoras/atrizes/ instrumentistas incrustadas nela viverão diferentes situações que descortinarão suas diferentes maneiras de perceber – ou não – a parede que as aprisiona. 

O espetáculo é dividido em cenas que abordam os diferentes tabus, armadilhas muitas vezes difíceis de detectar justamente pelas ‘paredes’ construídas ao longo de tantos anos de patriarcado, sociedades altamente hierarquizadas, com um deus único e masculino, construídas sob o paradigma binário homem / mulher, cabendo a esta sempre a posição inferior.

Relembrando o que disse o poeta Maiakovski, é mais difícil mudar um homem do que o sistema de governo de um país. Seria mais fácil mudar uma mulher?

SERVIÇO

O que: Das paredes – no Sesc Pinheiros.

Quando:

08 a 18 de março de 2023, quartas, quintas,sextas e sábado, às 20h30

Saiba mais:

no Instagram (www.instagram.com/das.paredes/)

e no Facebook (www.facebook.com/Das-Paredes-105137574890273

Foto de capa: Divulgação

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Encontro de Lutas: confluências entre o Dia Internacional de combat...

VoteLGBT participa do WebSummit Rio

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ transforma o Memorial da Am...

Espetáculo LGBT+ estreia gratuitamente em bibliotecas de SP

Sem apoio institucional, professores de SP combatem LGBTfobia com c...

Movimento Indígena LGBTQIAPN+ lança manifesto durante Acampamento T...

Marina Lima celebra sua carreira em show único na Casa Natura Music...

Premiado filme espanhol, “20.000 espécies de abelha” se...

10 formas de saber mais sobre Libras e a comunidade surda

“Amor e outras Revoluções”, peça inspirada em obra de b...

28ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, que acontece dia 2 de jun...

Conheça o Clube do Livro “Pomar”, o clube de leitura da...