Lorem quis bibendum auci Lorem gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit. Duis sed odio sit amet nibh vulputate cursu. Ut enim ad minim veniam.

Follow me on instagram

© 2016 Your Business Name!

15 perfis de bordado no Instagram para se inspirar

15 perfis de bordado no Instagram para se inspirar

A Casa 1 conta com um centro cultural, o Galpão Casa 1, que em tempos de não isolamento social, funciona diariamente das 10h as 22h de segunda à sexta-feira e uma das aulas gratuitas ofertada é a de bordado. As aulas (temporariamente suspensas) acontecem às segundas as 19h e enquanto elas não voltam, pedimos para professora da atividade, e também coordenadora da Biblioteca Caio Fernando Abreu, Denise Pires, listar para gente os perfis de Instragram mais legais sobre o tema para inspirar a produção em tempos de quarentena:

Meio Fio

No perfil do projeto Meio Fio tem além das inspirações, algumas receitinhas!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Estamos isolados, nunca sozinhos. Essa frase nasceu após a leitura da @iedayamasaki de um texto do Contardo Calligaris. Arrasta pro lado que tem gráfico! Nesse tempo em casa estamos testando novos materias, superfícies e fios (plástico e papel). Esse é um pedaço de revestimento automotivo que comprei em uma loja de peças de carros que entrei de curiosa mesmo. Cantarolei @blubell “Eu não tenho carro e acho legal!” Estava guardado e na arrumação acenou pedindo para ser bordado. Agora já imaginamos juntar com alguém que entende de encardenação para oficinas de capas de cadernos bordados em “courino”. A cabeça não pode parar. Planos são importantes para nos maternos bem. No entanto, se você acordou mais jururu, é legítimo, tá tudo bem! 🤗 Falando em @blubell eu não paro de escutar Triz, do álbum “eu sou do tempo em que a gente se telefonava”. ♥️

Uma publicação compartilhada por Coletivo Meiofio (@meiofio_) em

Giselle Quinto

Nada como uma referência mara, né?

Jenny Hart

Estamos apaixonados por esses bordados em tecido preto.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Promises, promises #jennyhart #embroidery #contemporaryembroidery #embroideryartist

Uma publicação compartilhada por JENNY HART (@hellojennyhart) em

Nicole O’Loughlin

Já o trabalho da Nicole é para quem tem pique e experiência.

Linhas de Sampa

Vai ter bordado para se manifestar, sim!

Linhas do Horizonte

Que tal colocar na linha e no tecido o que você acredita?

 

Ver essa foto no Instagram

 

#todaféésagrada #respeiteosagrado

Uma publicação compartilhada por linhas do horizonte (@linhasdohorizonte) em

Paulo Rezende – Monsterbox

E quem disse que bordado é só “coisa de menina”? 2020 né gente!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Como têm sido os últimos dias aí pra você? Por aqui a rotina mudou pouco, já que a vida do artesão independente já é praticamente uma quarentena. Estou trabalhando muito pra poder tirar o atraso de todos os pedidos. Com a situação do Covid-19 aumentando, achei legal preparar esse post pra passar pra frente a #correntedoartesanato da @coatscorrente e incentivar as pessoas a FICAREM EM CASA! O isolamento social, pra quem tem o luxo de fazê-lo, não é férias. Aproveite todo esse tempo que estamos tendo e #facaarteemcasa!⁣ ⁣ Pega também essas dicas, que são sempre boas pra relembrar:⁣ ⁣ 🦠 Não saia de casa a menos que seja para compromissos essenciais! Esse é o melhor jeito de se proteger do contágio. Chegou a hora de tirar aquele projeto de artesanato da gaveta, fazer a limpa em todos os seus bordados inacabados, terminar o livro que você largou pela metade e de tirar o atraso de todas as séries que você ainda não conseguiu assistir!⁣ ⁣ 🦠 Você provavelmente não precisa de máscara! O uso das máscaras é, por hora, eficaz apenas pra quem já está contaminado ou se você está cuidando de alguém contaminado. Comprar e usar máscaras sem necessidade só vai atrapalhar na proteção de quem realmente precisa, como pessoas já doentes e profissionais de saúde. Se você está saudável e usa máscara pra sair na rua o risco de contaminação só aumenta, considerando que você fica levando as mãos ao rosto o tempo todo pra poder ficar ajeitando. ⁣ 🦠 Não adianta fazer um estoque de suprimentos! Compre apenas o necessário de álcool gel, comidas, mantimentos e principalmente medicamentos. De que adianta você comprar todo o estoque das lojas e deixar os outros sem nada? Só vai fazer com que mais pessoas fiquem doentes e aumente o risco de contaminação a sua volta.⁣ ⁣ 🦠 É sempre bom lembrar de LAVAR BEM AS MÃOS, e sempre! Em casa, dê preferência para o bom sabão com água. Utilize seu álcool gel apenas em situações em que você não tenha acesso a uma pia para fazer sua higiene.⁣ ⁣ Se todo mundo fizer sua parte a gente vai passar por isso tudo o mais rápido possível! No mais, cuidem-se e me marquem nos stories mostrando seus projetos de artesanato finalizados nessas épocas de quarentena! ♥

Uma publicação compartilhada por Paulo Rezende (@monsterbox) em

MoonFlesh

Não sei o que é mais lindo nessa imagem.

 

Ver essa foto no Instagram

 

“Others in Elysian valleys dwell, resting weary limbs at last on beds of asphodel.” – Lord Tennyson The asphodel is associated with Persephone, Dionysus, and Artemis (more specifically, the Hekate-Artemis archetype). All three were said to wear a crown/wreath of asphodel. 🤍 Asphodel is a plant known to flourish in various parts of the Underworld. Most shades and spirits of the dead were sent to the aptly names Asphodel Meadows (or Field of Asphodel), where the flowers grew as far as the eye can see. There are varying opinions on the atmosphere of the Asphodel Meadows. Some saw it as an unremarkable, neutral land; others saw it as a gloomy, dismal place; and even others thought it to be a peaceful paradise. 🤍 This ghostly flower was brought to life with white metallic thread. Silvery, glowing beads float about the otherworldly plant. 🤍 Available tomorrow as part of the Persephone’s Return update! Live at 🤍 6PM EST 🤍 more previews to come tomorrow before the update!

Uma publicação compartilhada por lyla • she/they (@moonflesh) em

Entremeadas Ateliê

Esse aqui é para quem gosta de inovar!

Bordado Studio

Daqueles detalhes que aquecem o coração.

Ingrid Ferreira – Cores de Almodovar

Precisamos desse bordado JÁ!

 

Ver essa foto no Instagram

 

O que tem de lindo, tem de difícil. Eita tecidinho complicado esse tule! Principalmente porque aqui no Rio não encontrei daquele mais encorpado e com a trama mais fechada. Assim mesmo, o útero botânico tá nascendo! Com muita gambiarra sim, quem nunca rs, e muita leveza também. Eu gosto de me desafiar a usar novos materiais em meus bordados porque viver um processo criativo é tão inspirador: envolve repensar tudo o que eu sei fazer, descobrir o que funciona, o que necessita ser adaptado, o que não fica bom. Os pontos, por exemplo, alguns funcionaram super bem no tule, outros ficaram horríveis, outros eu precisei adaptar (como a folha contornada em ponto haste, já que o contorno naturalmente formado pelo ponto cheio ficou irregular nessa trama tão aberta). Quando a gente trabalha com encomendas, muitas vezes entramos no automático e só reproduzimos o que já sabemos que dá certo. Isso, em si, não é ruim, mostra que aumentamos nossa bagagem de experiência e refinamos o olhar, facilitando a profissionalização do nosso trabalho. Mas a fronteira é tênue entre isso e um fordismo produtivo que nos afasta daquilo que define, essencialmente, o trabalho artístico-artesanal: a espontaneidade da produção, o respeito ao ritmo manual, a originalidade de cada criação. Então, para diminuir o impacto destrutivo que o mercado capitalista impõe ao trabalho criativo, nada melhor que se forçar a viver pequenos desafios. E fica aqui a gratidão imensa aos clientes que topam viver isso com a gente, aceitando o tempo mais longo para sua encomenda ficar pronta e, até mesmo, correndo o risco dela não dar certo e termos que recorrer a um plano b. . Qual foi a última vez que você se desafiou a criar algo novo? . Quer aprender a bordar? Tem oficina de bordado livre para inckiantes no próximo sábado. Link de inscrição nos stories e na bio. . #bordadoemtule

Uma publicação compartilhada por Ingrid Ferreira (@coresdealmodovar_) em

Juliana Mota

E dá pra aproveitar o bordado para refletir o que fazer em tempos de quarentena.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Lembrete: alongar🌿

Uma publicação compartilhada por Juliana Mota (@julianamotabordado) em

Camila Belotti

Queria ter essa paciência.

 

Ver essa foto no Instagram

 

blue bird (ou o que fiz no carnaval). #embroideryart #needlepaintingembroidery #anchorcharts

Uma publicação compartilhada por Camila Belotti (@belo_cami) em

Tessa Perlow

Meu reino por esse moletom

 

Ver essa foto no Instagram

 

Garden variety 🌹 #upcycledclothing #embroidery

Uma publicação compartilhada por Tessa🦋🌹🌟 (@tessa_perlow) em

Aline Brant

Simplesmente arte!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ninho Aline Brant, 2020 ANCAS

Uma publicação compartilhada por Aline Brant (@alinebrant) em

Veja também:

10 revistas online de arte, literatura e gênero para ler e reler

Artigo: saúde mental, neoliberalismo e coronavirus

Centro de Acolhida e Cultura Casa 1
No Comments

Leave a Reply