BLOG

10 revistas online de arte, literatura e gênero para ler e reler

Todo mundo sabe o quanto a internet é um lugar completamente exagerado se tratando do volume de conteúdo. Em tempos de pandemia e quarentena uma enxurrada de vídeos, lives e podcasts tomaram ainda mais conta das plataformas e confesso que a preguiça bateu de leve.

Mesmo distante, me senti sobrecarregado de pessoas falando, explicando, se movimentando e por isso decidi listar 10 revistas online que merecem ser lidas e relidas sempre. Ah, algumas já encerraram seus expedientes mas deixaram um acervo riquíssimo, por isso entraram nesse post.

Revista Geni

A Geni é uma das que já encerraram os trabalhos, porém as entrevistas longuíssimas com foco em gênero e sexualidade é uma das melhores coisas que já foram produzidas. Vale clicar em cada edição e se deliciar com os textos brilhantes, muitas vezes acompanhados por fotos e ilustrações igualmente excelentes.

Quatrocincoum

Uma das mais conhecidas revistas de literatura, que ganhou mais projeção ainda com a capa icônica da Fernanda Montenegro bruxa no ano passado, a QuatroCincoUm conta com um conteúdo riquíssimo. Pena que parte da produção fica apenas no impresso, mas nem isso impede de passar umas boas horas no site da revista.

Suplemento Pernambuco

Outra excelente revista sobre literatura é a Suplemento Pernambuco, que inclusive se dedica a destacar a produção do estado. Destaque para recente matéria de capa dedicada ao Gilberto Freyre. Atualíssima.

SeLecT

Já a SeLecT é a mais reconhecida no campo das artes. Os destaques da publicação são as entrevistas e críticas. Vale o clique.

 

DasArtes

Já a revista Das Artes disponibiliza suas 12 últimas edições online.

 

ARTE!Brasileiros

E a Arte Brasileiros, suas últimas seis edições.

Revista Tatui

 

E a Tatuí também encerrou suas atividades como a Geni, porém é uma das publicações com mais rico acervo. Para perder alguns dias lendo.

Capitolina

Com a proposta de produzir um conteúdo de qualidade para garotas adolescentes fugindo dos estereótipos das publicações tradicionais a Capitolina vem há 6 anos cumprindo seu papel muito bem. E não se engane, o conteúdo sensível e potente não agrada só o público alvo. Leia sem medo.

Piseagrama

Com uma temática bastante interessante, a PISEAGRAMA se dedica a produzir conteúdos sobre espaços públicos, sejam eles reais ou imaginários. No site é possível acessar suas 13 edições.

Cadernos Pagu

Talvez a indicação mais acadêmica de todas, os cadernos Pagu concentram as publicações do Núcleo de Estudos de Gênero vinculado à reitoria da Universidade Estadual de Campina. Ou seja,  uma grande aula sobre gênero sobre perspectivas muito distintas.

 

Colaborou Bruno Oliveira, coordenador de programação da Casa 1

Iran Giusti é formado em Relações Públicas pela FAAP, passou por agências como TVRP e Remix Social Ideias. Como jornalista atuou no Portal iG, BuzzFeed Brasil. Atualmente é repórter no Terra Nós e diretor institucional da Casa 1

Notícias Relacionadas

Encontro de Lutas: confluências entre o Dia Internacional de combat...

VoteLGBT participa do WebSummit Rio

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ transforma o Memorial da Am...

Espetáculo LGBT+ estreia gratuitamente em bibliotecas de SP

Sem apoio institucional, professores de SP combatem LGBTfobia com c...

Movimento Indígena LGBTQIAPN+ lança manifesto durante Acampamento T...

Marina Lima celebra sua carreira em show único na Casa Natura Music...

Premiado filme espanhol, “20.000 espécies de abelha” se...

10 formas de saber mais sobre Libras e a comunidade surda

“Amor e outras Revoluções”, peça inspirada em obra de b...

28ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, que acontece dia 2 de jun...

Conheça o Clube do Livro “Pomar”, o clube de leitura da...