Por Cyro Morais, produtor de conteúdo  freelancer da Casa 1

Há 17 anos, o Brasil comemora no dia 29 de janeiro, o Dia da Visibilidade Trans. A data lembra o dia em que ativistas trans foram até Brasília lançar, no Congresso Nacional, a campanha “Travesti e Respeito”. Muito ainda há o que avançar nas lutas, nas conquistas. Afinal, segundo dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), o Brasil foi eleito pelo 13º ano consecutivo o País que mais mata pessoas trans. O que só reforça a importância da realização de eventos e campanhas que promovam a conscientização e o respeito às pessoas trans, que, hoje, já compõem uma parcela de quase 2% da população brasileira.

Além da realização da IV Semana de Visibilidade Trans da Casa 1 que falamos completinha neste post, reunimos abaixo alguns eventos que fazem parte da programação de diversas instituições em comemoração ao Dia da Visibilidade Trans. A maior parte dos eventos acontece online para evitar os riscos de contaminação pela COVID-19. Dá só uma olhada!

Para marcar a data o Centro Cultural da Diversidade (CCD) apresentará nos dias 29,30 e 31 de janeiro, uma programação especial. No dia 29, show de Jup do Bairro, às 22h, e nos dias 30 e 31, respectivamente, apresentações especiais dos espetáculos ‘Não Ela’ (20h) e ‘Mini-bius, bils, bios’ (19h), que estão em processo de residência artística no CCD. As peças tratam de temas relacionados `a transexualidade. Todos os eventos serão transmitidos pelo instagram @ccdiversidade .

A programação da Semana da Visibilidade Trans da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) da Cidade de São Paulo prevê a divulgação, no dia 29, dos resultados da fase quantitativa do primeiro mapeamento Trans realizado na cidade de São Paulo. Os pesquisadores ouviram 1650 pessoas trans de diversos bairros.

Ainda na sexta-feira, no encerramento da programação, haverá o lançamento da placa de reinauguração do Centro de Referência de Defesa da Diversidade CRD, que passa da administração da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, para a SMDHC, e recebe o nome de Brunna Valin, em homenagem à ativista trans morta em 2020.

Serão promovidas lives sobre diversos aspectos da temática da transexualidade, abordando políticas públicas relacionadas a questões de enfrentamento ao preconceito e à violência, atendimento e tratamento de saúde e dificuldades de mulheres transexuais e homens trans para se inserir no mercado de trabalho. Por conta dos cuidados necessários para prevenção da Covid-19, os eventos serão todos online e transmitidos pelas redes sociais da SMDHC:

29/01, sexta-feira às 14h

Live: Dia da Visibilidade Trans

Apresentação do Resumida do Relatório da 1° Fase do Mapeamento Trans

          Abertura

          Fala da Secretária Ana Cláudia Carletto

          Fala do Vereador Eduardo Suplicy

          Apresentação do Relatório pela equipe do CEDEC

29/01, sexta-feira às 15h

Lançamento do Calendário Trans 2021

Organização: Centro de Cidadania LGBTI Claudia Wonder

Participação do artista e jornalista Jogê Pinheiro

Instagram: @casarao_brasil

29/01, sexta-feira às 17h

Evento presencial, fechado, para marcar a transição do CRD da SMADS para a SMDHC e a inauguração da Placa com o nome CRD Brunna Valin.
Convidados: Secretária Claudia Carletto, Floriano Pesaro e Eduardo Barbosa

A SP Escola de Teatro, administrada pela Adaap (Associação dos Artistas Amigos da Praça) realiza a 9ª edição da SP TransVisão, que acontece entre os dias 29 de janeiro e 3 de fevereiro. A iniciativa celebra a diversidade e o respeito que a instituição tem com as pessoas trans. Essa é uma ação da Adaap em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, com a Secretaria de Justiça e Cidadania e com o apoio de grupos e entidades de luta pelos direitos humanos.

Devido à pandemia de Covid-19, em 2021, o evento será digital e transmitido pelo Youtube e Facebook da SP Escola de Teatro. Neste ano, o tema do projeto é Distanciamento Social: Uma Trans realidade – A pandemia passa, o preconceito não! e ativistas, pesquisadores, intelectuais, artistas, profissionais da saúde e outras personalidades importantes na luta LGBTQIA+ marcarão presença. A programação conta com palestras, bate-papos, apresentações artísticas, espetáculos, ações sociais e homenagens.

 

Confira a programação da 9ª edição da SP TransVisão dos dias 29, 30 e 31 de janeiro e 1ª, 2 e 3 de fevereiro:

SEXTA-FEIRA, 29 de janeiro

17h – Abertura

Com Brenda Oliver, Ingrid Soares, Kimberly Luciana Dias e Marcia Dailyn. Homenagem às pessoas trans que partiram vítimas da Covid-19, com homenagem especial à Bruna Valin e Amanda Marfree.

17h – Jantar Afeto e Música

Distribuição de marmitas e kits de higiene, além de disponibilizar banheiros na sede da SP Escola para higiene. Ação realizada pela Translúdica – Loja Colaborativa Distribuição na Praça Roosevelt e Praça da Sé

17h30 – Intercâmbio TransVisão

Convidades: Renata Taylor (Belém – PA) e Raicarlos Durans (Marituba – PA) Mediação: Millena Wanzeller

19h – Mesa de discussão Transparentalidade

Convidades: Cibele Lascala, Fe Maidel, Leonardo Medeiros e Rachel Rocha Mediação: Daniel Veiga 21h- Ação artística: Espetáculo Teatral – Divas Florescer

SÁBADO, 30 de janeiro

17h – Intercâmbio TransVisão

Convidades: Regininha – Maria Regina (Rio Grande – RS) e Silvia Reis (Boa vista – RR) Mediação: Millena Wanzeller 19h – Mesa de discussão Políticas Públicas para Visibilidade Trans Convidades: Caroline Iara (Bancada Ativista), Samara Sosthenes (Quilombo Periférico) Mediação: Brenda Oliver

21h – Ação artística

Espetáculo teatral Entrevista com Phedra, de Miguel Arcanjo, com Marcia Dailyn e Raphael Garcia. Direção de Robson Catalunha e Juan Telategui Local: SP Escola de Teatro Digital – Sympla Ingressos: Grátis ou R$ 12,50 (contribuição voluntária aos atores) Retirar ingressos na Sympla

DOMINGO, 31 de janeiro

17h – Intercâmbio TransVisão

Convidades: Sellena Ramos (Salvador – BA) Mediação: Flávia Araújo

18h – Mesa de discussão: Acolhimento

Convidades: Alberto Silva (Casa Florescer), Jaciana Batista (mãe), Regiane Abreu (Mães pela Diversidade) Mediação: Fernanda Kawani Custodio 20h – Exibição do Documentário “Limiar” de Coraci Ruiz Local: SP Escola de Teatro Digital – Sympla Gratuito Retirar ingressos na Sympla

SEGUNDA-FEIRA, 1º de fevereiro

17h – Intercâmbio TransVisão

Convidades: Luisa Lamar (Cuiabá – MT) Mediação: Millena Wanzeller

19h – Mesa de discussão: Empregabilidade

Convidades: Daniela Andrade, Joseph Kuga, Yasmin Vitória e Raphael Pagotto Mediação: Heloísa Alves

TERÇA-FEIRA, 2 de fevereiro

17h – Intercâmbio TransVisão

Convidades: Symmy Larrat e Neon Cunha (São Bernardo do Campo – SP) Mediação: Millena Wanzeller

19h- Mesa de discussão – Experiências representativas e de empregabilidade no serviço público

Convidades: Arthur Cardoso, Cássia Azevedo e Emanoel Henrique Lunardi Ferreira. Mediação: Luiz Fernando Uchôa

21h – Ação artística

Espetáculo Teatral Genderless – Um corpo fora da Lei, com Guttervil. Local: SP Escola de Teatro Digital – Sympla Ingressos: Grátis ou R$ 12,50 (contribuição voluntária aos atores) Retirar ingressos na Sympla

QUARTA-FEIRA, 3 de fevereiro

20h – Prêmio Claudia Wonder

Premiades: Casa Chama, Casa Florescer, Eloína dos Leopardos, Erika Hilton, Léo Paulino e Mariana Munhoz

******

E tá sabendo de mais alguma programação da visibilidade trans? Manda pra gente nos comentários!

 

By Casa 1

Centro de Acolhida e Cultura Casa 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *