Com duas semanas de programação extensa – de 27 de maio a 09 de junho – a 1ª edição da LÂMINA – Mostra Audiovisual Preta será realizada integralmente online e de forma gratuita. A abertura do evento será marcada pelo show de estreia da carreira de Kaike, mineiro que ocupa um lugar especial na Música Popular Brasileira, aliando beats certeiros e muita personalidade na interpretação. Na programação da Mostra, realizada por uma produtora capixaba, estão exibições de filmes, sessões especiais, feira, masterclasses, curso e debates.

Voltada à exibição e discussão do cinema contemporâneo brasileiro produzido e realizado por artistas pretas e pretos, a LÂMINA pretende jogar luz em expressões e manifestações minoritárias e incentivar a multiplicidade e a pluralidade. Além disso, pretende promover uma maior disseminação de produções realizadas por pessoas pretas, em âmbito nacional, e visa a funcionar também como um inventário de como as questões raciais têm ajudado a construir um novo campo semântico e simbólico no terreno das artes, especialmente na produção audiovisual. 

A Lâmina recebeu inscrições de 298 filmes, produções de 21 estados brasileiros e Distrito Federal, representando as 5 regiões do país. Desse total, foram selecionados 27 filmes, distribuídos em cinco sessões: “Diários pretos”, com curadoria de Gabriel Martins; “Sonoridade”, com curadoria de Castiel Vitorino Brasileiro; “Crescer no Cinema”, com curadoria de André Félix; “]in[filtr]a]ções], com curadoria de Charlene Bicalho; e “PretEspaços”, com curadoria de Kênia Freitas

As obras selecionadas têm origem em diversos estados brasileiros, São Paulo, Pernambuco, Ceará, Minas Gerais, Alagoas, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraná – além de França e Reino Unido. Junto com a diversidade regional, a curadoria selecionou obras que explicitam também a multiplicidade da linguagem audiovisual, que vai desde clipes musicais e vídeo-performances a documentários, ficções e formas híbridas.   

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO

As atividades de formação serão realizadas na plataforma Zoom, com vagas limitadas a 90 pessoas inscritas previamente. Nos dias 29 e 30 de maio, de 15h às 18h, acontece o curso com o diretor, roteirista, curador e professor Ewerton Belico, “Deixa eu tocar meu tamborim – o samba e o cinema brasileiro moderno”. Em 05 de junho, de 15h às 17h, acontece a masterclass “O trabalho da montagem: escrituras e percepções”, com a montadora Cristina Amaral. No dia 08 de junho, de 18h às 20h, acontece a masterclass “Uma obra (permanentemente) em obras”, com Ricardo Aleixo, poeta, artista visual e sonoro, performador, cantor, compositor, ensaísta e editor.

LÂMINA CONVIDA

Além dos filmes selecionados, haverá duas sessões especiais com filmes convidados, como parte da Lâmina Convida. Nesta 1ª edição, os dois convidados são Castiel Vitorino Brasileiro, exibindo o filme com sua direção,  “A cambonagem e o incêndio inevitável” (34 min, 2021, Vitória-Nova Iorque); e Ricardo Aleixo, que produziu um filme inédito especialmente para ser exibido na Mostra Lâmina.

FEIRA MESKLA

Dentro da programação da LÂMINA, acontecerá também o lançamento da Feira Meskla, um e-commerce que conecta marcas e artistas pretos a consumidores em geral. Com o objetivo de potencializar e acelerar os negócios de pessoas pretas, a Meskla realizou uma convocação para empreendedores e artistas que tinham interesse em ser expositores na plataforma. Foram 140 inscritos, entre marcas e artistas de todo o Brasil, e os expositores desta 1ª edição foram selecionados por uma curadoria.

SESSÕES

SESSÃO Diários pretos (curadoria Gabriel Martins) – ONLINE DE 27/05 a 02/06

– CÍRCULOS (Direção: Lucas Litrento) 

– POCO (QUARENTENA VIDEO FEITO PELO CELULAR) (Direção: Tasha e Tracie) 

– GARGAÚ (Direção: Bruno Ribeiro) 

– 2704 KM (Direção: Letícia Batista)

– VANDER (Direção: Barbara Carmo) 

– EDNA (Direção: Edna Toledo) 

SESSÃO Sonoridade (curadoria Castiel Vitorino) – ONLINE DE 27/05 a 02/06

– NIGIRO: MEU NOME, MINHA ANCESTRALIDADE (Direção: Assaggi Piá)

– SEREMOS OUVIDAS (Direção: Larissa Nepomuceno) 

– PATFUDYDA (Direção: Blackyva) 

– O TÚMULO DA TERRA  (Direção: Yhuri Cruz) 

– NOTES ON TRAVECACCELERATION (Direção: Ode) 

SESSÃO Crescer no cinema (curadoria André Félix) – ONLINE DE 30/05 a 05/06

– PELE MANCHADA (Direção: Victor Mota) 

– DÁDIVA (Direção: Evelyn Santos)  

– CALMARIA (Direção: Catapreta)

– SER FELIZ NO VÃO (Direção: Lucas Rossi dos Santos) 

– OLHOS DE ERÊ (Direção: Luan Manzo)

SESSÃO: PretEspaços (curadoria Kênia Freitas) – ONLINE DE 03/06 A 09/06

– COOL FOR THE SUMMER (Direção: Vitória Liz)

– BANZO (Direção: Rafael Luan)

– BLACKNESS = TIME ÷ MEDIA = ∞ (Direção: Márcio Cruz) 

– SUBSIDÊNCIA (Direção: Beatriz Vilela e Marcus José)

– 00:17:35, ZL (Direção: Vinícius Silva) 

– INCÊNDIO (Direção: Grenda Costa)

SESSÃO ]in[filtr]a]ções] (curadoria Charlene Bicalho) -ONLINE DE 03/06 A 09/06

– DESGUARDAR (Direção: Ed Borges)

– DI CUMÊ, TRABALHAR E REZAR (Direção: Fabinho Santinho)  

– DES(CONTINUIDA(DES#1 (Direção: Ricardo Aleixo) 

– COROAÇÃO (Direção: Juciara Áwô e Luana Arah)

– MORDE & ASSOPRA (Direção: Stanley Albano)

DEBATES

Para cada sessão, será realizado, no canal da Lâmina no Youtube, um debate com a presença do(a) curador(a) e dos realizadores dos filmes da sessão correspondente.

28/05, às 19h: Debate da sessão “Diários pretos”, com o curador Gabriel Martins e realizadores.

02/06, às 19h: Debate da sessão “Sonoridade”, com a curadora Castiel Vitorino Brasileiro e realizadores.

03/06, às 19h: Debate da sessão “Crescer no cinema”, com o curador André Félix e realizadores.

04/06, às 19h: Debate da sessão ” PretEspaços”, com a curadora Kênia Freitas e realizadores.

09/06, às 19h: Debate da sessão “]in[filtr]a]ções], com a curadora Charlene Bicalho e realizadores.

SOBRE

A LÂMINA — MOSTRA AUDIOVISUAL PRETA é uma realização da Claraboia e conta com apoio e patrocínio do Funcultura, do Governo do Estado e da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult), através da Lei Aldir Blanc.

As atividades da programação serão exibidas no site da mostra www.mostralamina.com.br, com exceção dos cursos, que serão realizados via plataforma Zoom apenas para inscritos, e dos debates, que terão transmissão aberta ao público, no Canal da Lâmina no Youtube. A participação em todas as atividades é gratuita.

SERVIÇO:

Site: www.mostralamina.com.br 

Instagram: @mostralamina

Twitter: @mostralamina

Youtube: canal da Lâmina

Compartilhe:

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *