BLOG

Stand up sapatão: humorista Cintia Rosini se apresenta em São Paulo

Na Boleia do Meu Caminhão é um show de humor idealizado por Cintia Rosini, autodenominada sapatão, que ressignifica estereótipos do universo lésbico e LGBTQIA+; e leva pro palco, com bom humor, as suas histórias sobre sexualidade, relacionamentos e assuntos da atualidade, sempre recebendo convidados dispostos a encarar essa viagem.

Na primeira edição, Cintia Rosini convida Paula Ayala, representada pelo humorista, ator, dançarino, improvisador e palhaço Diego Becker para uma noite de muita diversão e risadas, no novíssimo Bastardos Comedy Club, dia 11/03/2022, às 21h.

Compre aqui seu ingresso.

Sobre Cintia Rosini

Humorista, autodenominada uma “grandissíssima Sapatão”, espalha sua comédia pelos palcos do Comedy Central, Netflix e na TNT e do Brasil afora.

Hoje com 38 anos, é atriz formada pela universidade Anhembi Morumbi de São Paulo. Também se formou em Locução pelo Senac Lapa Scipião e fez em mímica pelo Studio Magenia em Paris, França. 

Além de trabalhar junto a diversas companhias de teatro em São Paulo, foi Palhaça no Circo il Florilegio, tendo levado a palhaçaria para países africanos como Argélia, Marrocos e Ghana.

De volta ao Brasil retornou aos palcos do teatro e integrou companhias como Núcleo Educatho e Cia Núcleo de Teatro. E exatamente em 13 de dezembro de 2017 começou a fazer shows de comédia Stand Up. E de lá pra cá já fez shows com grandes nomes do Stand Up brasileiro como Thiago Ventura, Bruna Louise e Igor Guimarães.
Está na Netflix, na série Lugar de Mulher, desde 2019.  Na TV participou do programa Comedy Central Stand Up. E mais tarde, apresentou o programa Comedy Central Apresenta.  Na TNT Brasil participou do programa de humor Me.

Foto de capa: Reprodução

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Projeto “Lentes Coloridas” pesquisa perfil de profissionais LGBTQIA...

Casa 1 e Coletivo AMEM realizam Feira de Empregabilidade LGBTQIAPN+...

HQ Ciranda da Solidão é republicada e ganha edição especial

Conheça 10 pré-candidaturas LGBTQIA+ a prefeituras nas eleições de ...

Direitos LGBTQIAPN+ sob ataque no Congresso Nacional 

Instituições fazem mapeamento de candidaturas LGBTQIAPN+ para as el...

Com o tema “Aquilombar é Cura”, a Parada Preta 2024 aco...

Especialistas discutem os principais desafios de empregabilidade LG...

Pesquisa apresenta as maiores dificuldades das instituições LGBTQIA...

CUT lança cartilha de formação sindical como foco em pessoas trans

No fim das contas, ser orgulhosamente LGBTQIAPN+ era só moda mesmo

Senado aprova texto que cria recurso de proteção para LGBTQIA+ enca...