BLOG

Atriz Kefera Buchmann se declara bissexual: ‘aliviada’

Kefera Buchmann, 28, fez uma série de postagens nas redes sociais onde falou sobre sobre sua orientação sexual, declarando indiretamente ser bissexual. A atriz agradeceu as mensagens que recebeu após as publicações que dão a entender sobre sua orientação sexual.

“Obrigada por todas as mensagens. Tô meio com frio na barriga, mas, também, aliviada…”, escreveu a curitibana no Twitter.

Ela também postou no stories do Instagram uma mensagem de agradecimento acompanhada de um arco-íris e de três corações com as cores da bandeira do orgulho bissexual. “Em relação ao todo, se é que me entendem, obrigada, de verdade, pelas mensagens. E por tudo. Valeu, de verdade”, disse.

Kéfera também postou um vídeo onde brincou sobre dizerem que ela se declarou lésbica. Nele, ela diz que o “B” da sigla LGBTQIA+ não é de Beyónce.

“Obviamente estou recebendo muitas mensagens de ‘ah, está se assumindo sapatão’. Então, eu não diria sapatão. Mas o LG – B – TQIA+ da sigla, o B não é de Beyoncé, entenderam? Ai ai…”, disse ela, enfatizando nas entrelinhas a bissexualidade. No post, ela ainda incluiu emojis de arco-íris, um símbolo da comunidade LGBTQIA+.

FIM DO CANAL

Em julho de 2020, Kéfera anunciou o fim de seu canal no YouTube, o 5incominutos. Ela já não postava nada no canal havia cerca de um ano, e gravou um vídeo de pouco mais de 16 minutos, contando sobre deixar o canal, principalmente pela pressão constante do público e também por se sentir julgada por cada nova mudança que tenta implementar.

“Dez anos é muita coisa. Nesses dez anos eu vi, ouvi e li muita coisa ao meu respeito. E é muito complicado quando as pessoas dão a opinião delas sobre você e elas não te conhecem a fundo. Tudo o que eu postei aqui até hoje foi uma parcela de mim, e muitos dos vídeos que tem aqui já não me representam mais de forma alguma. São pensamentos que eu tinha quando eu tinha 17, 18, 19 anos, que mudou tanto”, desabafou.

Ela reclamou da relutância dos seguidores em não aceitarem que ela mudou, assim como todo mundo. “Parece que nunca estava bom, as pessoas nunca estavam satisfeitas com quem eu estava sendo naquele momento e isso começou a me fazer mal”. Kéfera afirmou que chegou ao limite na tentativa de satisfazer seu público. “Eu tentei agradar ao público tentando ser quem eu não era mais e fazendo vídeos sobre assuntos que eu não queria mais. O que eu propus de novo teve relutância. Como sempre. Eu não tive mais saco para aguentar gente reclamando das minhas mudanças”.

SÃO PAULO, SP

Foto de capa: Reprodução/ Redes sociais

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha e comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos a partir do conteúdo editorial do jornal Folha de S.Paulo, do jornal Agora e de parceiros em todos os Estados do país. O serviço da Folha Press foi contratado pela Casa 1 em março de 2021 para estimular o acesso à informação de qualidade, com responsabilidade ética e jornalística e é publicado junto de conteúdos produzidos pela equipe de comunicação e outra agências de notícia independentes, igualmente qualificadas.

Notícias Relacionadas

Casa 1 realiza VII Feira de Empregabilidade Trans, Travesti e Não B...

Ball Vera Verão cria Vera Verso em sua sétima edição

Casos de violência contra lésbicas aumentaram 50% em oito anos, mos...

O que diz nova resolução do Governo de SP sobre pessoas LGBT+ no si...

Em 2024, Masp terá programação focada na diversidade LGBTQIA+

Conselho Nacional orienta as preparatórias para a 4ª Conferência Na...

A história pioneira de João W. Nery em seus livros de memórias

Mahmundi faz show de sua nova turnê Amor Fati na Casa Natura Musical

Casa 1 realiza primeira chamada aberta do ano para educadores e ofi...

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ está confirmada: inscrições...

Vencedor do Prêmio de Melhor Roteiro no Festival deCannes em 2023, ...

Os quadrinhos de Alison Bechdel