É com bastante entusiasmo que Laboratório Cisco e Taturana convidam a todes para participar dos eventos online que compõem a programação de estreia do premiado filme LIMIAR, de Coraci Ruiz! Serão três encontros em agosto, a cada semana abordando a temática da transgeneridade em um contexto diferente. Esperamos fomentar discussões cruciais e urgentes, engajando profissionais da educação, ativistas e público geral nessas conversas.

LIMIAR traz um olhar íntimo e familiar sobre a transição de uma pessoa trans, bem como a transição das pessoas que estão no seu entorno. Queremos ampliar esse debate para além das vivências que são retratadas no filme, falar de outras formas de existências possíveis, os entraves sociais que possam dificultar o processo de transição e também os atravessamentos que perpassam esses indivíduos. 

Disponível por apenas 24H no YouTube a partir das 21h do dia 10 de agosto

E para marcar essa estreia, programamos um verdadeiro “Manual de como Hackear o CIStema: Transformando Representação em REPRESENTATIVIDADE”. Serão três encontros abertos e com transmissão online. Contamos com sua participação para juntar-se a nós na construção de uma sociedade que respeite todas as formas de existência.

Dia 10 de agosto às 19h – Debate  “Transvivências Diversificando a Educação” com abertura de All Ice, participação de Paula Beatriz (primeira diretora trans da rede estadual de São Paulo), Alexya Salvador (Pastora presbiteriana e transfeminista), Helena Soares Meireles (professora trans da rede municipal de Porto Alegre) e mediação de Alexsandro Santos (Escola do Parlamento). Nesse encontro vamos discutir como a escola está tratando a questão da transgeneridade de seus alunes e também de seus docentes. 

(Depois do debate, a partir das 21h do dia 10 de agosto, o filme LIMIAR ficará disponível por 24h no Youtube da Taturana Mobi)

Dia 17 de agosto às 19h – Debate “Transcidadania: Políticas Públicas, Inserção Social, e a Garantia de Direitos LGBTQIA+”. Participação: Carolina Iara (covereadora), Lins Roballo (vereadora), Robeyoncé Lima (codeputada) e Neon Cunha. Mediação de Sanara Santos.

Dia 24 de agosto às 19h – Bate papo “Transtopia: Audiovisual, a Sétima Arte Educadora”. Participação: Ariel Nobre, Luh Maza e a diretora de Limiar, Coraci Ruiz (outros nomes a confirmar).

Os eventos serão transmitidos sempre no canal do filme em YouTube.com/LIMIARfilme

SOBRE O FILME

“Limiar” é um documentário autobiográfico realizado por uma mãe que acompanha a transição de gênero de seu filho adolescente: entre 2016 e 2019 ela o entrevista abordando os conflitos, certezas e incertezas que o perpassam numa busca profunda por sua identidade. Ao mesmo tempo a mãe, revelada por meio de uma narração em primeira pessoa e por sua voz que conversa com o filho por detrás da câmera, passa ela também por um processo de transformação que a obriga a romper velhos paradigmas, enfrentar medos e desmantelar preconceitos.

Seleção oficial HotDocs 2021, Melhor filme no Festival do Rio LGBTI+, Melhor Direção (28° Mix Brasil), Melhor Documentário (Lovers Film Festival – Italia), Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Roteiro e Melhor Desenho de Som (14° For Rainbow – Fortaleza)

Ficha Técnica

Direção e Fotografia Coraci Ruiz

Roteiro Coraci Ruiz e Luiza Fagá

Produção Executiva Julio Matos

Montagem Luiza Fagá

Trilha Sonora Original Natália Mallo

Desenho de Som e Mixagem Guile Martins

Consultoria de Roteiro Cristina Amaral (Rough Cut Lab DocSP 2019)

Coordenação de Pesquisa Gilberto Alexandre Sobrinho

Produção de Impacto Rodrigo Díaz Díaz

Produzido por Laboratorio Cisco na cidade de Campinas – SP 

Distribuido por Taturana Mobilização Social

laboratoriocisco.org  |  taturanamobi.com.br |

Acompanhe as ações do filme nas redes sociais @LimiarFilme e siga nosso canal no Youtube que tem mais conteúdo vindo pela frente!

Compartilhe:

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *