BLOG

Mais de 20 filmes com temática LGBTQIA+ concorrem ao Prêmio Félix, no Festival do Rio

Mostra faz parte do Festival do Rio e será ocorre entre os dias 5 e 15 de outubro

Por Lívia Batista para Agência Diadorim

Filmes nacionais e internacionais de temática LGBTQIA+ vão concorrer a Prêmio Félix, que faz parte da 24ª edição do Festival do Rio. O evento ocorre entre 5 e 15 de outubro. A programação completa ainda não foi divulgada no site. 

Ao todo, 28 filmes, entre curtas e longas-metragens, foram selecionados para concorrer ao prêmio. A cerimônia de premiação acontecerá no último dia do evento, junto com a premiação da Première Brasil.

Em 2022 o filme “Paloma“, de Marcelo Gomes, foi um dos participantes da mostra e venceu na categoria Melhor Filme Brasileiro. O Prêmio Félix já está na sua oitava edição e foi batizado em homenagem ao personagem de mesmo nome da novela “Amor à Vida”, interpretado por Mateus Solano.

O “Festival do Rio” é um dos maiores festivais de cinema da América Latina e desde a sua criação já foram exibidos 7 mil longas, entre eles, obras premiadas nos festivais de Cannes, Berlim, Toronto, Veneza.Além das mostras e sessões populares, o “Festival do Rio“ também possui uma área de negócios para profissionais do cinema e audiovisual.

Confira a lista completa dos concorrentes ao Prêmio Félix 2023: 

Curtas-metragem nacionais:

  • “A Lama da Mãe Morta”, de Camilo Pellegrini (RJ)
  • “Ficção Suburbana”, de Rossandra Leone (RJ)
  • “Quarto de Hotel”, de Marcelo Ribas Grabowsky e Mauro Pinheiro Jr. (RJ)
  • “Pássaro Memória”, de Leonardo Martinelli (RJ)
  • “Se Precisar de Algo’, de Mariana Cobra (SP) 
  • “Celebrazione”, de Luís Carlos Lacerda (RJ)

Longas-metragem nacionais:

  • “Sem Coração”, de Nara Normande e Tião (PE) – Première Nacional
  • “Levante”, de Lillah Halla (SP) – Première Nacional
  • “Assexybilidade”, de Daniel Gonçalves (RJ) – Première Nacional
  • “Pedágio”, de Carolina Markowicz (SP) – Première Nacional
  • “Ana”, de Marcus Faustini (RJ) – Première Mundial
  • “Tudo Que Você Podia Ser”, de Ricardo Alves Jr (MG) – Première Mundial
  • “Toda Noite Estarei Lá”, de Tati Franklin e Suellen Vasconcelos (ES) 
  • “Leme do Destino”, de Julio Bressane (RJ) – Première Mundial
  • “O Diabo na Rua no Meio do Redemunho”, de Bia Lessa (RJ) – Première Mundial

Longas-metragem internacionais:

  • “Orlando, Minha Biografia Política”, Paul B. Preciado (França)
  • “Mutt”, Vuk Lungulov-Klotz (Chile)
  • “Monster (Kaibutsu)”, Hirokazu Kore-eda (Japão) – Mostra Panorama Mundial 
  • “20.000 Espécies de Abelhas”, Estibaliz Urresola Solaguren (Espanha)
  • “Até o Cair da Noite”, Christoph Hochhäusler  (Alemanha)
  • “Cassandro”, Roger Ross Williams (EUA) 
  • “Kokomo City: A Noite Trans de Nova York”, D. Smith (EUA)
  • “Kubi”, Takeshi Kitano (Japão)
  • “Todo o Silêncio”, Diego Del Rio (México)
  • “Pare com Suas Mentiras”, Olivier Peyon (França)
  • “Moneyboys”, C. B. Yi (China) 
  • “All of Us Strangers”, Andrew Haigh (Inglaterra)
  • “Softie”, Samuel Theis (França)

Foto de capa: Curta “Ficção Suburbana”, de Rossandra Leone, é um dos concorrentes ao prêmio/Divulgação

Notícias Relacionadas

A história pioneira de João W. Nery em seus livros de memórias

Mahmundi faz show de sua nova turnê Amor Fati na Casa Natura Musical

Casa 1 realiza primeira chamada aberta do ano para educadores e ofi...

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ está confirmada: inscrições...

Vencedor do Prêmio de Melhor Roteiro no Festival deCannes em 2023, ...

1ª ‘Marsha’ Trans, em Brasília, teve presença de deputadas federais...

‘Desnecessária’: Alesp encerra CPI da Transição de Gênero sem concl...

Os quadrinhos de Alison Bechdel

Casa 1 celebra 7 anos de existência e impacto social no Bixiga 

Bloco do Johnny Hooker convida CLEO, Mateus Carrilho e Potyguara Ba...

 8 livros brasileiros LGBTQIAPN + de 2023 para ler em 2024 

Paradas LGBTQIA+ viram alvo de perseguição política no Brasil