A partir da próxima semana, vamos nos conectar com o Sesc Bom Retiro, em uma série de encontros virtuais que vão promover a troca de saberes entre pessoas que orbitam a região do centro de São Paulo. 

#CruzamentoDeTerritórios é o nome desse ciclo de atividades, que contará com a presença de Aretha Sadick, Bruno Novaes e Leonarda Glück.

Se você tem interesse em teatro, performance, artes visuais e (principalmente) em como a arte está ligada aos movimentos de resistência sócio-políticos, este projeto é pra você! 

As vagas são limitas e as inscrições são gratuitas e vão até o dia 18/06.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

ENCENANDO A PRÓPRIA HISTÓRIA, com Leonarda Glück.

Dias 21, 22, 28, 29 e 30/6, terça, quinta e sexta, das 19h às 21h.

As pessoas inscritas nesta oficina serão instigadas a escrever ou gravar em áudio uma breve passagem que julgam importante em suas histórias pessoais e vivências e em seguida, desenvolver uma cena solo a partir da ideia sugerida.  

Leonarda Glück é atriz, dramaturga, performer, curadora e diretora teatral, que trabalha na fusão entre teatro, dança, performance, literatura, música, vídeo, artes visuais e artes cibernéticas, suas relações com o corpo e as ressonâncias afetivas.  

FOLHA DE ATIVIDADE, com Bruno Novaes.

Dias 23 e 24/6, segunda e quarta, das 19h às 21h.

Nos dois encontros, discutiremos a produção de conhecimento hegemônico em apostilas e livros de ciências que tratam de mudanças corporais no período da puberdade. A partir dessas conversas, cada participante criará sua própria imagem, incluindo questões específicas de sua vivência e relação com seu corpo e identidade. Os desenhos, anotações, relatos e colagens comporão uma apostila. 

Bruno Novaes é artista e educador, com obras no acervo do MAR e do Museu da Diversidade Sexual de São Paulo e em exposições no CCSP, Paço das Artes, Casa do Olhar Luiz Sacilotto e Sesc SP. 

#MEUCORPOQUEFALA, com Aretha Sadick.

Dias 1 e 2/7, quarta e quinta, das 19h às 21h.

A atividade parte do pressuposto de que todo corpo tem o direito de falar por si. 

Por meio da apreciação de entrevistas, performances e vídeos de artistas, pensadoras e comunicadoras, vamos analisar suas performances sociais como referências na arte de se comunicar. Além disso, as participantes vão realizar exercícios práticos para reafirmarem-se como um corpo que fala para o mundo. 

Aretha Sadick é multiartista, trans e negra, que ocupa lugares e discute as questões de gênero, raça e sexualidade com ênfase nas pluralidades não-normativas por meio de suas criações. 

O ciclo de encontros integra o projeto “Isto não é um mapa” do Sesc Bom Retiro.  O material a ser produzido será transformado em três web-documentários para as redes sociais da unidade.

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

One thought on “Programação do Sesc Bom Retiro fala sobre troca de saberes no centro de São Paulo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *