BLOG

TodesPlay realiza 7ª edição da Mostra de Curtas CineQueer: saiba como assistir gratuitamente

Contemplado em Edital da Prefeitura do Natal (RN) e tendo como parceiro a plataforma de streaming Todesplay, a Mostra CineQueer 7, recebeu dezenas de curtas inscritos em chamada pública nacional, com filmes de todas as regiões do País, com as mais diferentes linguagens e abordagens da temática LGBTQ+, traçando um panorama da produção cinematográfica Queer dos dois últimos anos.

Ainda sobre a influência dos efeitos da pandemia nos processos criativos, os filmes expõem em suas narrativas, as cicatrizes das opressões políticas sofridas por um governo da extrema direita e das perseguições criminosas do fundamentalismo religioso.

A produção atual revela um exercício de resiliência da comunidade LGBTQ+ brasileira cada vez mais consciente politicamente, ao mesmo tempo brilha um lampejo de deslocamento e saída dessa época, algumas produções exalam um sopro de esperança em narrativas mais leves, oníricas e bem-humoradas.

A exibição vai até o dia 13 de agosto. Acesse aqui a plataforma.

Confira a programação completa:

“BIXAS PRETAS – ENTRE O AMOR E OS AFETOS”

Mato Grosso, 2023 | 25 minutos | Lançamento | Doc

“JENIFFER”

Rio Grande do Norte, 2023| 18 minutos |Lançamento | Doc

“MANDINGA”

Pará, 2022 | 18 minutos| Ficção

“OS ANIMAIS MAIS FOFOS E ENGRAÇADOS DO MUNDO”

São Paulo, 2023 | 23 minutos| Ficção

“PEDRO FAZ CHOVER”

Pernambuco, 2022 | 25 minutos | Ficção

“SEREIA”

Paraná, 2023 | 15 minutos | Ficção

Curtas-metragens Convidados:

“MANCHAS DE SOL”

Rio Grande do Sul, 2023 | 18 minutos| Ficção

“NAQUELE DIA ESCURO”

São Paulo, 2022 | 29 minutos | Ficção

Longa-metragem Convidado:

“CASULO”

Nora é uma garota observadora, silenciosa e que tenta se encaixar nos padrões. Mas ela
tem sua própria maneira de ver o mundo, e quando conhece Romy, percebe o porquê. É
verão, há música no ar, o seu corpo está mudando e lagartas saem dos seus casulos.

Sobre o CineQueer
CineQueer nasceu em 2019 para celebrar os 50 anos de StoneWall, considerado o marco zero nas
lutas pelos direitos civis LGBTQIA+. Idealizado pelo curador e produtor cultural Di Gatti, o projeto é
realizado em parceria com o Espaço Cultural Casa da Ribeira, em Natal – RN. Entre sessões especiais,
mostras on-line e presenciais foram realizadas 6 edições e exibidos 34 filmes (curtas e longas), além
de atividades educativas como talks, bate-papos e workshops.

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Encontro de Lutas: confluências entre o Dia Internacional de combat...

VoteLGBT participa do WebSummit Rio

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ transforma o Memorial da Am...

Espetáculo LGBT+ estreia gratuitamente em bibliotecas de SP

Sem apoio institucional, professores de SP combatem LGBTfobia com c...

Movimento Indígena LGBTQIAPN+ lança manifesto durante Acampamento T...

Marina Lima celebra sua carreira em show único na Casa Natura Music...

Premiado filme espanhol, “20.000 espécies de abelha” se...

10 formas de saber mais sobre Libras e a comunidade surda

“Amor e outras Revoluções”, peça inspirada em obra de b...

28ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, que acontece dia 2 de jun...

Conheça o Clube do Livro “Pomar”, o clube de leitura da...