BLOG

10 pessoas LGBT que produzem conteúdo IGTV para acompanhar

O Instagram é uma maravilha quando bem usado, com muitas ferramentas bacanas. O recurso IGTV é uma delas, uma função onde você vê vídeos com maior tempo de duração variando entre 15 segundos e 60 minutos, normalmente usada para falar sobre assuntos mais complexos e que não podem ser colocados nos stories.

Neste post listamos pessoas LGBT que produzem conteúdos para o IGTV sobre diversos temas. Bora dar visibilidade pra comunidade, né? Afinal, vamos segurar as mãos dos nosso iguais, né? Amém, arrepiei, como disse a missionária ex-BBB Rafa Kalimann.

1 – Guilherme Sousa – @gui

Publicitário, trabalha a 6 anos como roteirista na Globo onde teve oportunidade de produzir o quadro “Isso A Globo Não Mostra” e  foi apresentador do Boletim BBB em 2017. No IGTV ele produz vídeos engraçados se passando por mãe dele, a dona Silvana, usando os filtros do Animoji – uma ferramenta de filtros que possui no iPhone – e, para a minha felicidade como pessoa surda, tem legenda neles! Recomendo muito dar uma olhadinha nas mídias dele e é claro, segui-lo! Vai amar!

2 – Linkier – @linkieroficial

Conhecidíssima, amadíssima por todos e todas, a cantora Linkier também produz conteúdos gostosos de se assistir no IGTV, onde canta as suas próprias musicas e covers além de tocar violão! São lindos os vídeos! Espero que já sigaela!

3 – Bruna Linzmeyer – @brunalinzmeyer

A atriz global conhecida por papeis em novelas como “Meu Pedacinho do Chão”, “A Regra do Jogo”e “Amor à Vida” está nessa também, trazendo conteúdos fofos como orações, poesias e também uns desabafinhos. Vale para quem gosta dela e de ouvir coisas leves.

4 – Alexandra Gurgel – @alexandrismos

A influenciadora que aborda muitos papos sobre body positive, empoderamento, auto-aceitação além de vários vídeos bonitos dela dançando e  fazendo montação de looks. Os vídeos são curtos porém vem com muita informação necessária! Lembrando que ela também inclui acessibilidade nos vídeos dela como legenda.

 

5 – Anne Magalhães – @annemagalhaes

A Anne é intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), produtora visual e educadora e é bastante notada por fazer vídeos super bacanas dela dançando e cantando em Libras. Ela está na plataforma também trazendo mais vídeos bacanas de covers de músicas famosas, em especial as de Pop e Hip-hop. A comunidade surda AMA ela! Vem amar você também!

6 – Blogueirinha – @blogueirinha

A Blogueirinha de Merda é um personagem interpretado pelo ator Bruno Matos e é cheia de humor avassalador, com um teor de deboche e está no IGTV toda semana com postagens de grande repercussão, makes, deboches nas redes sociais. Não tem legenda para quem é surdo.

7 – Spartakus – @spartakus

O Spartakus é um dos maiores influenciadores digitais negros do Brasil e sempre está falando de racismo que existe no país, da opressão que os negros sofrem no dia a dia e também sobre a comunidade LGBT.

8 – Lucca Najar – @luccanajar

O Najar é um influenciador bastante notado pela comunidade trans, já que é um homem trans e traz muita pauta importante como lidar com o próprio corpo enquanto está fazendo a transição, os cuidados que deve receber neste período, as dicas e também conta a trajetória dele. É maravilhoso! Embora não tenha legenda, o que faz com que se torne inacessível para aqueles que se identificam e precisam daquelas informações.

9 – Bee4tona – @bee40tona

É o Instagram do canal com o mesmo nome criado pelo Marcio Rolim, onde traz relatos, desabafos, dicas de se como se virar sendo gay de 40 anos, já que é uma das faixas etárias muito ignorada e esquecida quando se trata dos LGBT. E o IGTV é cheio de coisas bacanas como ele fazendo testes, contando histórias, brincando e tal. Vale super a pena dar uma olhada!

10 – Gysella Popovick – @gysellapopovick

É a drag vencedora do reality show “Academia de Drags”, maquiadora e o Instagram dela tem um conteúdo bem massa, cheio de vídeos de processo de make e de montação. E também defende o body positive, uma vez q a mesma se identifica como gorda. Vale a pena segui-la.

Espero que tenham gostado das minhas indicações e se tiver mais alguém para recomendar, é bem vindo!

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Encontro de Lutas: confluências entre o Dia Internacional de combat...

VoteLGBT participa do WebSummit Rio

23ª Feira Cultural da Diversidade LGBT+ transforma o Memorial da Am...

Espetáculo LGBT+ estreia gratuitamente em bibliotecas de SP

Sem apoio institucional, professores de SP combatem LGBTfobia com c...

Movimento Indígena LGBTQIAPN+ lança manifesto durante Acampamento T...

Marina Lima celebra sua carreira em show único na Casa Natura Music...

Premiado filme espanhol, “20.000 espécies de abelha” se...

10 formas de saber mais sobre Libras e a comunidade surda

“Amor e outras Revoluções”, peça inspirada em obra de b...

28ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, que acontece dia 2 de jun...

Conheça o Clube do Livro “Pomar”, o clube de leitura da...