BLOG

Coletivo realiza segunda edição de pesquisa sobre LGBT+ na pandemia

Primeiro relatório de 2020 apontou que comunidade LGBT sofre com desemprego maior, problemas de saúde mental e tensões no convívio familiar.

O coletivo #VoteLGBT lança nesta quarta (28) o formulário para respostas da segunda edição da pesquisa Diagnóstico População LGBT+ na Pandemia, que teve sua primeira edição publicada em 2020 e contou com a participação de mais de 10 mil pessoas. O formulário estará aberto para respostas entre os dias 28 de abril à 15 de maio, mesmo período do ano anterior no link: bit.ly/covid-lgbt-2021.

A pesquisa surgiu a partir da percepção de que o isolamento social, que impacta a sociedade como um todo, tem gerado repercussões ainda mais agudas entre lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis. Com a participação de pesquisadores da UFMG e Unicamp, o levantamento consultou pessoas em todos os estados da Federação. Os entrevistados apresentam maiores índices de desemprego e problemas de saúde mental se comparados ao restante da população. Igualmente preocupantes são os dados coletados sobre tensões no convívio familiar durante a pandemia. 

Nesta segunda edição, a pesquisa tem como objetivo colher informações sobre como a comunidade tem sido afetada pela pandemia em um quadro de avanço das crises sanitária, política e econômica, além de conseguir estabelecer um panorama mais completo de análise comparativa à primeira edição. 

#VoteLGBT

Formado por profissionais de várias áreas como demografia, economia, jornalismo, antropologia, direito, artes visuais, entre outras, o #VoteLGBT é um coletivo que busca aumentar a representatividade das pessoas LGBT+ em todos os espaços da sociedade, principalmente na política. Entendendo a representatividade de forma interseccional às pautas de gênero e de raça, o coletivo compreende a diversidade como um valor fundamental para a democracia.

Além de campanhas realizadas em épocas de eleições municipais, estaduais e nacionais – que visam dar visibilidade a candidaturas pró-LGBT e lutar pelo respeito à diversidade sexual e de gênero -, os membros do coletivo também promovem pesquisas presenciais e online para gerar dados sobre essa parte da população.

Outras duas iniciativas do coletivo foram criadas em tempos de pandemia tentando reduzir os impactos do isolamento social. Uma delas é o LGBTFLIX, uma galeria de vídeos que reúne mais de 200 filmes com temáticas sobre lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros. As produções audiovisuais estão disponibilizadas gratuitamente no site www.votelgbt.org/flix .

“Juntas em Tempos de Treta” é uma LGBTeca que reúne textos de autoras e autores LGBT+. A cada semana, novos textos são divulgados no endereço www.votelgbt.org/juntas

SERVIÇO

O que? Segunda edição do Diagnóstico População LGBT+ na Pandemia

Para participar da pesquisa: O formulário estará aberto para respostas até 15 de maio, no link: bit.ly/covid-lgbt-2021.

Iran Giusti é formado em Relações Públicas pela FAAP, passou por agências como TVRP e Remix Social Ideias. Como jornalista atuou no Portal iG, BuzzFeed Brasil. Atualmente é repórter no Terra Nós e diretor institucional da Casa 1

Notícias Relacionadas

Projeto “Lentes Coloridas” pesquisa perfil de profissionais LGBTQIA...

Casa 1 e Coletivo AMEM realizam Feira de Empregabilidade LGBTQIAPN+...

HQ Ciranda da Solidão é republicada e ganha edição especial

Conheça 10 pré-candidaturas LGBTQIA+ a prefeituras nas eleições de ...

Direitos LGBTQIAPN+ sob ataque no Congresso Nacional 

Instituições fazem mapeamento de candidaturas LGBTQIAPN+ para as el...

Com o tema “Aquilombar é Cura”, a Parada Preta 2024 aco...

Especialistas discutem os principais desafios de empregabilidade LG...

Pesquisa apresenta as maiores dificuldades das instituições LGBTQIA...

CUT lança cartilha de formação sindical como foco em pessoas trans

No fim das contas, ser orgulhosamente LGBTQIAPN+ era só moda mesmo

Senado aprova texto que cria recurso de proteção para LGBTQIA+ enca...