BLOG

Leci Brandão e bloco Siga Bem Caminhoneira celebram o Dia da Visibilidade Lésbica com show na Casa Natura Musical

Em comemoração ao Dia da Visibilidade Lésbica, o bloco Siga Bem Caminhoneira convida Leci Brandão para uma noite especial na Casa Natura Musical, no dia 19 de agosto, sábado, às 22h. Uma verdadeira festa para celebrar a existência e a resistência das mulheres lésbicas, trans, não binaries e bissexuais.

Leci Brandão

Nascida em Madureira, em 1944 e criada em Vila Isabel, Leci Brandão da Silva foi a primeira mulher a fazer parte da Ala de Compositores da Estação Primeira de Mangueira, em 1972. Um dos integrantes da Ala, à época, era Nelson Sargento. Ele fez um teste com Leci na avenida, na Barraca do Cazuza, como lembra a cantora e compositora. A artista já contabiliza mais de 40 anos de carreira, 25 álbuns, entre eles três compactos, 2 DVDs e muitos sucessos.

A cantora e compositora Leci Brandão sempre foi presença marcante nos desfiles das escolas de Samba, seja em São Paulo, pelo menos nos últimos 20 anos, ou no Rio de Janeiro, e também já foi homenageada por diversas escolas. Leci Brandão completou 40 anos de carreira artística em 2015 e lançou seu mais recente trabalho, Simples Assim – Leci Brandão, em 2017. Por este disco, foi premiada como melhor cantora de samba no 29º Prêmio da Música Brasileira.

Siga Bem Caminhoneira

O bloco de rua Siga Bem Caminhoneira surgiu em 2017, com o intuito de garantir um espaço seguro, com acesso à cultura e diversão, para mulheres lésbicas e bissexuais e pessoas trans e não bináries antes, durante e depois do Carnaval.

“Queremos que as mulheres lésbicas e bissexuais, e pessoas trans e não bináries, sintam-se livres, autônomes, empoderades, respeitades e segures”, afirma a multi-instrumentista Juliana Guilherme, que comanda a bateria formada por mais de 50 integrantes. O repertório do bloco é versátil e conta com diversos clássicos carnavalescos, axé music, samba, funk e paródias.

A frota, como é comumente conhecida, procura celebrar quem já trilhou o caminho da resistência ao longo da história, ocupando as ruas e cantando aos quatro cantos os desejos, anseios e lutas em busca de uma sociedade mais justa e igualitária para com a nossa sigla. Em 2020, o bloco levou 13 mil pessoas para as ruas do Bixiga e em 2023, na retomada do carnaval de rua, trouxe o desfile para o bairro que também é sede do bloco, a Santa Cecília, conhecido pela agitada vida cultural e ponto de encontro da população LGBTQIA+ e progressista de São Paulo.

Casa Natura Musical

Inaugurada em maio de 2017, a Casa Natura Musical é uma Casa feita por e para pessoas apaixonadas por música que acreditam que um futuro mais bonito só se constrói no coletivo. Palco de diferentes ritmos, movimentos e artistas de todo Brasil, um equipamento cultural que promove reflexões com o público em busca de um mundo mais plural, inclusivo e sustentável, através de shows, eventos especiais, mostras de arte digital e conteúdos nos seus canais de comunicação. O espaço fica localizado no bairro de Pinheiros em São Paulo, e seus conteúdos ultrapassam os limites geográficos dos canais digitais, reverberando pelo Brasil e pelo mundo.

Serviço

Bloco Siga Bem Caminhoneira convida Leci Brandão
Dia 19 de agosto, sábado, 22h | Abertura da Casa: 20h30
Ingressos à venda pelo site da Sympla
Valores: de R$20 a R$150
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 180 minutos
CASA NATURA MUSICAL
Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo

Foto de capa: Cláudia Guimarães

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Com o tema “Aquilombar é Cura”, a Parada Preta 2024 aco...

Especialistas discutem os principais desafios de empregabilidade LG...

Pesquisa apresenta as maiores dificuldades das instituições LGBTQIA...

CUT lança cartilha de formação sindical como foco em pessoas trans

No fim das contas, ser orgulhosamente LGBTQIAPN+ era só moda mesmo

Senado aprova texto que cria recurso de proteção para LGBTQIA+ enca...

Ministério destina R$ 8,5 milhões em ações para população LGBTQIA+

‘A bandeira é nossa’: Parada do Orgulho LGBT+ leva verde e amarelo ...

Oficina de canto para pessoas trans e travestis acontece em Petrolina 

Com programação especial, Casa Natura Musical celebra o Mês do Orgu...

L’homme Statue lança videoclipe para a dançante e emocional &...

Encontro de Lutas: confluências entre o Dia Internacional de combat...