BLOG

Nome social no título de eleitor cresceu mais de 300% em 2022

Nas eleições de 2022, 37.646 pessoas vão votar usando o nome social no título de eleitor. São 373,83% a mais do que em 2018, quando o número foi de 7.945 pessoas. Os dados são do perfil do eleitorado, divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). 

O nome social é usado por travestis e transexuais de acordo com o gênero pelo qual se identificam. Há quatro anos, através de uma portaria do TSE, essas pessoas passaram a ter direito de incluí-los nos títulos de eleitor. A retificação do documento considera apenas autodeclaração.   

De acordo com o TSE, Sudeste e Nordeste são as regiões que têm maior número de títulos com nome social: 18.492 e 9.745, respectivamente. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Ceará lideram a lista de estados com mais registros.

Acesse o site da Agência Diadorim.

Foto de capa: Votação em Brasília. Foto: Roberto Jayme/TSE

Notícias Relacionadas

1ª ‘Marsha’ Trans, em Brasília, teve presença de deputadas federais...

‘Desnecessária’: Alesp encerra CPI da Transição de Gênero sem concl...

Com curadoria de Mel, Casa 1 realiza VII Semana de Visibilidade Tra...

Paradas LGBTQIA+ viram alvo de perseguição política no Brasil

Casos de HIV cresceram 17% no Brasil, aponta boletim do Ministério ...

Deputadas federais LBTs apresentaram 21 PLs pró-LGBTQIA+, em 2023

Governo Lula anuncia a quarta edição da Conferência Nacional LGBTQIA+

‘Comissão’ da Memória e Verdade das Pessoas LGBTQIA+ se reúne pela ...

Por uma história visível: 20 anos de Movimento Bissexual no Brasil

Mulher trans teve cirurgia negada no SUS e leva Brasil à Corte Inte...

‘Se for evento hétero, podem’: vereadores querem impedir criança na...

MDHC prorroga prazo para participação social em levantamento sobre ...