Por Camila Mabeloop, voluntária de Comunicação da Casa 1

Se você é vegetariano, vegano ou quer ser e está buscando referências do movimento para te ajudar na transição, vem cá que tenho uma lista de pessoas incríveis para compartilhar.

Dando uma breve introdução ao tema, o veganismo não é uma dieta, é um movimento político. Ser vegano é uma possibilidade para qualquer pessoa e vai muito além da alimentação. Por isso mesmo, é essencial que a gente se identifique com outras pessoas do movimento e que vejamos diversidade nele. Faço questão que a lista de criadores veganos que eu sigo seja o mais colorida possível e mais próxima da minha realidade sócio-econômica. É uma dica importante para não se frustrar muito no caminho.

Eu parei de comer carne há quase 9 anos, e estou há três anos e pouco sem derivados. Mas esse processo só foi e está sendo possível de acontecer por eu ter encontrado boas referências. Em primeiro lugar, amigos ao meu redor, que me levaram para comer coisas deliciosas veganas e me fizeram pensar sobre coisas que eu nunca tinha pensado antes. Em seguida, criadores de conteúdo que me mostram constantemente:

  • Por que esse movimento existe;
  • Que ser vegano não é necessariamente caro (a não ser neste momento do governo Bolsonaro em que tudo é caro);
  • E que podemos continuar comendo coisas deliciosas, com muito mais autonomia e sem crueldade animal.

O assunto é vasto e até difícil de resumir em uma pequena introdução. Mas com as indicações, vou deixar alguns vídeos e materiais que essa galera já produziu e fala muito melhor que eu. Vamos lá!

Nátaly Neri

Vou começar a lista com uma das minhas principais referências do assunto. Nátaly é vegana e pansexual. Em suas redes ela aborda moda de brechó, sexualidade e claro, o veganismo, desde a alimentação até dicas de maquiagens veganas. Recomendo muito! Vou fazer uma dobradinha aqui e indicar também o Jonas Maria, marido da Nátaly, como uma referência vegana LGBTQIAPN+, porém, com ressalvas porque ele não tempera as comidas haha (*contém verdade e sarcasmo).

SapaVegana

Luciene Santos é a influenciadora dos grãos, frutas e feiras. Nem sei dizer quantas vezes me lembrei de colocar os grãos de molho e de comer frutas graças aos tweets dela. Juro! Se tu precisa de ideias de receitas, de como economizar nas compras e na utilização dos alimentos, é esse perfil que você precisa seguir. E além de sapatão a gata também é não monogâmica, fica a dica para quem busca referências

Roledevegano

Leo, desculpa desde já pela descrição que vou te dar, mas lembram quando disse que veganismo não é uma dieta? Então, essa poc tá aqui pra comprovar kkkk. Esse é o perfil que eu corro pra ver quando quero comer coisas muito gostosas e preciso de uma luz. Tem infinitas dicas de lugares para comer lanches, pizzas, receitas próprias de esfihas, doces… a notificação chega e eu já sofro.

@roledevegano

COXINHA, só que feita com pão de forma 🍗🍗🍗🍗 #coxinha #coxinhavegana #veganismo

♬ original sound – leo kazuya

Naocomosoalface

Luiza Allan é sergipana de Aracaju, bissexual e em seu perfil ela compartilha muitas dicas veganas acessíveis, com muito humor e cantoria. Como uma das poucas fãs do recurso “guias” do Instagram, fiquei feliz de ver que ela tem várias em seu perfil e você pode fuçar de forma organizada rs.

@naocomosoalface

A vó de vocês também fazia bolinho de comida assim? ❤️

♬ Darling – Trees and Lucy

Tá Na Mesa Vegg

Finalizando esse top 5 100% a base de planta e colorido, trouxe o quê? Um casal pra fechar com chave de ouro. O canal de Maria Antônia Anicetto e Flávia Zardo tem de tudo que você possa imaginar. Receitas acessíveis, receitas com itens mais “luxuosos”, vídeos delas experimentando os industrializados famosinhos pra você saber se vale a pena… tem pra todo gosto. Vai lá conferir.

Bônus: Luiza Junquerida

Já tinha colocado a Luiza na lista, mas vi que ela consome ovos, então, não sei como ela se identifica. Só sei que a mulher conquista qualquer um com suas comidas 100% honestas, vida real, do jeitinho que é na nossa casa também, sabe? Eu amo, parece que a gente tá sentada na cozinha dela, conversando e esperando a comida ficar pronta. Por isso resolvi deixar como bônus. Esse tipo de conteúdo ajuda muito a criar repertório, para quando você tiver sem ideias, conseguir ter criatividade na cozinha. E aí vai da identificação de estilo de vida e de cozinha, quem é que você vai gostar mais.

Quem vocês já acompanhavam? Continuem a lista nos comentários!

Foto de capa: Reprodução/Redes sociais

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.