Estão abertas as inscrições para os interessados e interessadas em compor o Conselho Estadual LGBT de São Paulo. A eleição é direta e ocorrerá em todo o Estado de São Paulo.

As fichas de inscrição para candidatar-se ao colegiado e para participar como eleitor (a), estão disponíveis no site da Secretaria da Justiça e Cidadania.

Poderão se candidatar as pessoas autodeclaradas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais e homens trans, com idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos, que residam na Região Administrativa ou Metropolitana da Capital pela qual pretendam se eleger.

Como eleitora ou eleitor, poderão participar toda a população LGBTQIA+ e heterossexuais aliadas(os).  

O Conselho Estadual dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, instituído pelo Decreto Estadual nº 55.587, de 17 de março de 2010, é fruto das demandas da sociedade civil, que apontou a necessidade de criação de um organismo institucional voltado à promoção da participação política e controle social das ações públicas de incentivo à cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

As inscrições serão simultâneas e aceitas até as 23h59m do dia 02 de agosto.

Atenção: Não serão aceitos documentos enviados fora da ficha de inscrição, salvo no caso de defesa à candidatura indeferida, conforme item 4.2 do edital.

Acesse abaixo diretamente os links das inscrições:

CANDIDATOS, CANDIDATAS E CANDIDATES:   https://spsec.braso.com.br/index.php/437265 

ELEITORES E ELEITORAS:  https://spsec.braso.com.br/index.php/178946 

EDITAL: https://justica.sp.gov.br/index.php/edital-conselho-estadual/ 

Compartilhe:

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *