BLOG

“Cantigas para Ninar Insones” leva poesias de Caio Fernando Abreu para o teatro

Cantigas para Ninar Insones é um recital de poesia, a partir dos poemas de Caio Fernando Abreu (1948-1996), publicadas no livro lançado em 2012, pela Editora Record que entra em cartaz dia 04/03 às 19h. Lima, trabalha com os textos do autor há 20 anos e esse trabalho é uma versão apresentada dentro de outro trabalho com textos do Caio, encabeçado pelo ator, e que foi apresentado em 2019, com o nome de “caio em três atos”. A temporada seguirá até 02/04. Em sua escrita, Caio, aborda temas contundentes ao homem contemporâneo e embora os textos tenham sido escrito no século passado, sua atualidade permanece intacta. Solidão, busca de afeto, vazio e a rotatividade das relações, além da morte, saudade e o sexo, fazem parte do universo do autor e consequentemente do ator.


Serviço

Cantigas para Ninar Insones
Quando: 04/03 a 02/04- Sábados e Domingos, 19h
Quanto: Contribuição Voluntária (Formas de pagamento: dinheiro ou PIX 11974974207)
Onde: Teatro de Arena Eugênio Kusnet
Rua Teodoro Baima, 94 – Vila Buarque/Centro – (11) 3256-9463
99 lugares – 60 minutos – Livre

Sobre Rodolfo Lima

Ator, Diretor, Produtor Cultural, graduado em Jornalismo, Mestrado no LABJOR/UNICAMP, Pós Graduação CELACC/USP e Doutorando da ECA/USP, tem
20 anos de carreira e com seu Núcleo Teatro do Indivíduo, desenvolveu diversos trabalhos e atividades que se debruçaram sobre as questões de gênero, identidade e sexualidade. Entre eles: “Réquiem para um Rapaz Triste”, “Bicha Oca” e “Em busca de um teatro gay”. “Bendita Sois…” é o terceiro trabalho em que dirige mulheres transexuais/travestis. O primeiro foi “Entrega para Jezebel” (2019) e “Les Girls – uma diva perto de você” (2022), ambos contemplado pelo PROAC Cidadania/Cultura LGBTQIA+

Foto de capa: Divulgação/Ciro Cavalcante

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Notícias Relacionadas

Projeto “Lentes Coloridas” pesquisa perfil de profissionais LGBTQIA...

Casa 1 e Coletivo AMEM realizam Feira de Empregabilidade LGBTQIAPN+...

HQ Ciranda da Solidão é republicada e ganha edição especial

Conheça 10 pré-candidaturas LGBTQIA+ a prefeituras nas eleições de ...

Direitos LGBTQIAPN+ sob ataque no Congresso Nacional 

A nova adição na seção de obras autografadas, livros disponíveispar...

Instituições fazem mapeamento de candidaturas LGBTQIAPN+ para as el...

Com o tema “Aquilombar é Cura”, a Parada Preta 2024 aco...

Especialistas discutem os principais desafios de empregabilidade LG...

Pesquisa apresenta as maiores dificuldades das instituições LGBTQIA...

CUT lança cartilha de formação sindical como foco em pessoas trans

No fim das contas, ser orgulhosamente LGBTQIAPN+ era só moda mesmo