Em seu novo livro,  “Armários Abertos – Depoimentos sobre a diversidade sexual”, o jornalista e roteirista Valmir Moratelli reúne depoimentos de diferentes pessoas que narram suas experiências mais íntimas sobre a descoberta da própria sexualidade e como se definem dentro das amplas camadas da diversidade sexual humana.

Meses antes do início da pandemia do coronavírus, Moratelli reuniu em um estúdio em Copacabana, no Rio, algumas pessoas dispostas a darem depoimentos sobre sexualidade e aceitação. A ideia era fazer um documentário com os relatos que atravessam a pressão social, o apoio ou negação da família, a culpa religiosa, os olhares no âmbito escolar ou profissional, a objetificação do corpo e a busca por uma satisfação interna. Com os cinemas fechados, o filme deu lugar a um livro.

Julia narra como é lidar com a profissão e a família após a mudança de sexo. Jorge abandonou a universidade por causa da homofobia. Jéssica e Jaqueline recordam como contaram para suas respectivas filhas que estavam namorando. Wilker traz o componente do racismo para a discussão. A questão geracional é tratada por Duh, mais experiente. Aluísio fala da importância da aceitação dos pais na construção da sua autoestima, assim como Roberto e Rodrigo, que narram a divertida noite na qual se conheceram. Raquel denuncia o fetichismo machista pelo corpo bissexual, enquanto Mardejan conta como a maternidade é negada aos olhos da homofobia. Ao encarar seus fantasmas do passado, Jefferson relata o abuso que sofreu. Já Miranda explica por que é redundante pedir a uma drag que seja resistência no mundo atual. Na discussão sobre gêneros, Elisa e Eric apresentam os caminhos que trilharam para serem felizes consigo mesmos – ela pansexual e ele, não-binário. E Victor Hugo, após participar de um reality show, diz o que mudou em sua vida ao se tornar o primeiro assexual assumido na TV.

Após avanços ora tímidos ora significativos nas últimas décadas, a pauta da diversidade vem sofrendo retrocessos preocupantes no País. Ainda assim, Armários Abertos foi realizado com a premissa de que aceitação começa com diálogo. Uma obra necessária a todos os setores da sociedade, que precisa avançar no combate à homofobia e à transfobia.

Sobre o autor:

Valmir Moratelli é escritor, pesquisador e jornalista. Doutorando em Comunicação pela PUC-Rio. Este é o seu quarto livro. Em 2019 lançou “O que as telenovelas exibem enquanto o mundo se transforma”. Também dirigiu o filme “30 Dias – um carnaval entre a alegria e a desilusão”, hors concours no Festival do Rio. Atualmente trabalha em seu segundo longa-metragem.

Serviço:

Livro Armários Abertos – depoimentos sobre a diversidade sexual (ed. Autografia)

Autor Valmir Moratelli

Lançamento dia 08/4 (quinta-feira), às 19h – no perfil @vmoratelli

Preço de capa: R$ 44,90

Para mais informações acesse o site

Compartilhe:

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *