Terceira temporada pode ser vista no canal Pop Up Drag no Youtube

Uma web série de competição para drag queens será lançada no dia 27 de outubro em todo o país. O “Pop Up Drag Taguatinga” contém 7 episódios que serão exibidos todas às quintas, às 20h, no canal do Youtube da Pop Up Drag. Essa é a terceira temporada do reality show que conta, desta vez, com financiamento do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).

Na série, 11 competidoras precisam mostrar seu talento e singularidade, ao enfrentarem desafios e provas, de caráter eliminatório, em diferentes áreas como canto, dança, dublagem, figurino, improvisação, humor, entre outros quesitos. As participantes serão divididas em equipes e, ao final, restarão apenas 3 finalistas, sendo coroada uma vencedora desta edição. 

As equipes contarão ainda com as “Madrinhas Drag Queens”, que são artistas expoentes da cena do DF, moradoras de Taguatinga e Guará, que orientam e auxiliam as participantes em cada episódio, nas provas e desafios. São elas: Allice Bombom, Carrie Myers, e Natasha Voxx.

Já a apresentação do programa ficará por conta das drags Donna Karão (Joheber Duarte), Linda Brondi (André Gagliardo) e Paulete Brasília (Rogério Dornelles), que desenvolveram o projeto e compõem o coletivo Pop Up Drag.

Para o proponente do projeto, Joheber Duarte, o projeto tem grande importância ao apoiar artistas da comunidade LGBTIQIA+, contribuindo assim para a profissionalização e descentralização da arte transformista no DF, especialmente de Taguatinga e região, além de contribuir para a economia da cultura.

“Iremos mostrar muita diversidade e a potência da periferia de Brasília, que conta com drags queens extremamente talentosas. Vamos surpreender com esse produto, que irá desmistificar algumas ideias pré-concebidas da arte transformista. Além disso, a série ainda mostra a importância do mercado drag tanto culturalmente quanto economicamente. Quando a gente produz, ou melhor quando a drag queen se monta, há muitas pessoas trabalhando em prol desse movimento, como figurinista, maquiador, coreógrafo, diretor, produtor. Há toda uma cadeia em volta que se beneficia economicamente. A série foi feita com muito carinho e mostra o quanto a cultura é importante para Brasília. A nossa identidade é nossa forma de se mostrar para o mundo, então eu espero que todo mundo goste”, explica Duarte.

Prêmio e capacitação
A premiação contempla o primeiro, segundo e terceiro lugar com os valores R$ 2.000, R$ 1.000 e R$ 500, respectivamente. Além da premiação, o projeto também capacitará artistas transformistas do DF e Entorno. Serão oferecidas três oficinas para as participantes, com temáticas relacionadas à arte drag, tendo por temas: Maquiagem, Perucaria e Interpretação.

Locação
Gravado em Taguatinga (DF) e regiões próximas, os episódios da série foram filmados no Teatro Administrativo do Guará, o Espaço Multicultural Mais Flor em Taguatinga, o Centro Cultural RIA em Taguatinga, Feira dos Goianos de Taguatinga e na boate Victoria Haus, que é um espaço de grande importância para a arte transformista.

Outras edições
Gravada em 2018 e transmitida em 2019, a 1º edição da competição contou com 15 participantes de diversas regiões do DF, revelando inúmeros talentos que hoje atuam no mercado. Com seis episódios, a competição foi filmada em locações históricas como o Teatro Nacional Cláudio Santoro e Espaço Cultural Renato Russo. Tudo com parcerias locais e sem recursos públicos. Já a 2º edição, gravada em 2019 e transmitida em 2020, contou com sete competidoras da cidade de Montevidéu, no Uruguai, além de artistas consagrados locais que participaram voluntariamente do projeto, como apresentadoras, jurados e incentivadores da arte.

Coletivo Pop Up
A competição de drags é um dos maiores destaques do coletivo Pop Up, fundado em 2018, e que participa do movimento cultural no Distrito Federal, por meio de performances em festas, na construção do próprio bloco de carnaval Pop Up Drag. Além disso, o coletivo já organizou exposição fotográfica, marcou participação em videoclipes, entre outros. Além dos palcos, o Pop Up acompanha as carreiras das drags queen no DF e promove a capacitação e inclusão no mercado de trabalho no DF.

Serviço

Estreia “Pop Up Drag Taguatinga”
Data: 27 de outubro, quinta-feira
Horário: 20h
Onde assistir: canal do Pop Up

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.