Indianarae Siqueira, transvestigenere, fundadore da CasaNem e ativista LGBTQIA+, comemorou o reconhecimento civil de pessoas não binaries e anunciou a produção do filme “Em Nosso Nome”, que contará a história do preconceito que pessoas trans, travestis e não binaries passam no Brasil em busca da retificação dos documentos.

Segundo Indinarae, a produção aborda a luta de pessoas não cisgêneras desde os anos 90 pelo nome social. “O movimento está lutado há três décadas pelo reconhecimento social das pessoas transexuais, travestis, não bináries e intersexo: as mais esquecidas da comunidade LGBTQIA+”, pontuou.

O filme está previsto para estrear no dia 28 de junho, marcado internacionalmente como Dia do Orgulho LGBTQIA+ .

Foto de capa: Reprodução

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.