A vereadora de São Paulo Érika Hilton (PSOL) acionou o STF (Supremo Tribunal Federal) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por falas homofóbicas e transfóbicas. A notícia-crime foi protocolada nesta quinta-feira (14) com pedido de investigação para apurar as atitudes do presidente.
Nesta quarta-feira (13), Bolsonaro fez um discurso em Imperatriz (MA) no qual defendeu ideias preconceituosas contra pessoas homossexuais e transexuais. O presidente também disse que seu modelo de família é constituído por “homem, mulher e prole”.

“O que nós queremos é que o Joãozinho seja Joãozinho a vida toda. A Mariazinha seja Maria a vida toda, que constitua família, que seu caráter não seja deturpado em sala de aula”, disse.

A vereadora afirma que as falas do presidente têm “evidente caráter homofóbico e transfóbico”. A parlamentar ressaltou que Bolsonaro trata com “desdém e desrespeito a existência de pessoas com orientação sexual e identidade de gênero distintas do padrão heteronormativo”.

Érika também destacou que, ao dizer essas coisas enquanto exerce o cargo de Presidente da República, Bolsonaro “manifesta institucionalmente a homotransfobia”. O ofício pede que o STF encaminhe o caso para a PGR (Procuradoria Geral da República) para que o órgão avalie a abertura de inquérito.

“O discurso proferido pelo Noticiado aqui retratado representa uma conduta ilegal, reprovada pelo ordenamento jurídico brasileiro como um crime”, diz a ação. Desde junho de 2019, a partir de decisão do STF, o crime de homofobia deve ser equiparado ao de racismo.

A vereadora é a primeira transexual eleita para uma vaga na Câmara Municipal de São Paulo. Erika foi a mulher mais votada nas eleições de 2020.

SÃO PAULO, SP

Foto de capa: Reprodução/Redes Sociais

Por Folha Press

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha e comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos a partir do conteúdo editorial do jornal Folha de S.Paulo, do jornal Agora e de parceiros em todos os Estados do país. O serviço da Folha Press foi contratado pela Casa 1 em março de 2021 para estimular o acesso à informação de qualidade, com responsabilidade ética e jornalística e é publicado junto de conteúdos produzidos pela equipe de comunicação e outra agências de notícia independentes, igualmente qualificadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.