Fazer parte de algo é sempre um desafio, fazer parte de algo tem como princípio desafiar o que está posto é um desafio multiplicado por milhões. A Casa 1 nasceu de uma ideia inocente e meio louca, logo ganhou proporções assustadoras: as demandas chegavam e ainda chegam em um volume nunca imaginado por ninguém que se propôs à participar dessa empreitada e muitas vezes tiram o ar.  

Sempre soubemos que nossa luta, que é também nosso trabalho, seria dolorida, afinal, lidamos com violências constantemente, nos dedicamos a tentar criar ferramentas para sobrevivência, mergulhamos em buscas constantes por estratégias de vida e fazemos tudo isso em meio à uma estrutura feita para destruir. 

Como manter nossos ideais quando pilhas e pilhas de burocracias e contas se acumulam, como seguir trabalhando quando vamos, pouco a pouco adoecendo, como seguimos enfrentando um sistema perverso enquanto reproduzimos em diversas escalas esse sistema? Como viver no sistema, sem viver o sistema?

Nos últimos meses tivemos que lidar com despedidas, tivemos que vivenciar partidas, tivemos que cuidar de feridas, dos que foram e dos que ficaram, sempre falando e sempre tentando entender o que não deu certo. Mas para muitas coisas não existem respostas, ainda que continuemos em busca. 

Mas existe o viver, existem as chegadas, existe o desejo de continuar fazendo o máximo que podemos, o melhor que podemos, e por isso estou aqui escrevendo esta carta. 

Para agradecer imensamente quem esteve na Casa 1 e igualmente agradeço aos que seguem e aos que chegam para somar. Afinal, sem todos, todas e todes nós, não existiria Casa 1, e com certeza, muito coisa incrível, não vivida. 

Abraços

Iran Giusti      

Foto de Capa: eu e Junior Magalhães, eterno parceiro da Casa 1, em janeiro de 2017, antes da abertura oficial

Por Iran Giusti

Iran Giusti é formado em Relações Públicas pela FAAP, atuou como gestor de redes sociais e gerente de projetos em agências de RP e Social Mídia e como jornalista foi repórter do canal de conteúdo LGBT do Portal iG e do BuzzFeed Brasil. Atualmente se dedica a gestão da Casa 1, um centro de acolhida e cultura LGBT e produção de conteúdos em que acredita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.