“Marca-texto” é um podcast desenvolvido pela Biblioteca Comunitária Caio F. Abreu e Acervo Bajubá que quinzenalmente irá apresentar fragmentos de obras literárias escritas por pessoas LGBT+.

As voluntárias, voluntários e voluntáries da biblioteca são convidadas a indicar literaturas disponíveis nos acervos produzidas por pessoas LGBT+. O podcast é uma estratégia de mobilização desses acervos e também uma mediação de leitura.

Assim como o projeto Recibo este podcast tem como propósito pensar o acesso à biblioteca comunitária, para públicos próximos ou distantes, enquanto ainda não voltamos com os empréstimos presenciais. Os livros do Bajubá estão disponíveis somente para consulta e a Biblioteca Caio F. Abreu está em processo de reorganização e catalogação do acervo. 

O primeiro episódio vai ao ar amanhã (06/10), e é uma leitura de Marcos Tolentino do texto “A parada do nosso amor” disponível no livro “Devassos no Paraíso” (2018), de João Silvério Trevisan (Ribeirão Bonito, 1944). 

Projeto: Núcleo de Pesquisa e Criação/Casa 1

Vinheta: Bonfá

Realização: Casa 1 e Acervo Bajubá

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.