A cantora Lina da Quebrada esteve no café da manhã do programa Mais Você (Globo) para o café da manhã com Ana Maria Braga, 72, nesta segunda-feira (11), após ser eliminada na noite deste domingo (10). “Eu estou aliviada depois do discurso do Tadeu”, afirmou ela.


Primeiro, Lina reviu o discurso de Tadeu Schmidt, 47, e se emocionou. A artista afirmou que ficou muito triste por sair do programa, mas que agradece por ter estado no Big Brother Brasil 22. “É sobre como o meu corpo atravessa o programa e quais histórias eu consigo contar”, disse ela.
Lina contou que já imaginava que sairia, devido ao Paredão Falso, mas que não quis acreditar. Ao ver imagens da casa após sua eliminação, a cantora falou de Jessilane, sua companheira no reality. “Quero abraçar ela, mas não agora. Pode deixar ela lá na casa. Quero que ela permaneça”.


“Ser uma travesti e ter conseguido avançar esses 85 dias na casa e sentir que eu estou sendo amada não tem preço. É possível amar uma pessoa como eu. É preciso amar pessoas trans”, completou a artista. Ela ainda falou sobre a mensagem de Elza Soares, que faleceu em janeiro, que declarou a torcida para ela. “Isso já me faz sentir campeã”, disse.


Ela diz que sente que seu maior erro foi indicar Paulo André para o Paredão após o atleta, Pedro Scooby e Douglas Silva abrirem mão da liderança na Prova de Resistência da Avon. “Não sei se foi só isso Ana, mas se você souber mais me conta aqui”, completou a artista.


Ana Maria mostrou então um clipe em que Arthur Aguiar criticava Lina por suas brincadeiras “bobas e gostosas” com o atleta. “Acho que faz menos sentido ainda o que o Arthur está levantando, e não só ai”, disse ela, que ainda relembrou que P.A. já tinha a indicado para o Paredão. “Eu deveria ter lembrado do Gustavo”, finalizou.


“Ana, porque você não puxou mutirão para me colocar nesse Paredão Falso?”, brincou Lina com a apresentadora. “Não dá para fazer uma votação para eu voltar para casa agora?”, continuou ela. “Vamo embora, quem sabe!”, respondeu Ana Maria em tom de brincadeira.


A apresentadora relembrou dos erros de pronome com a cantora, em especial quando Lucas Bissoli se referiu a ela no pronome masculino. “Naquele dia eu fiquei triste, não vou negar”, afirmou a artista, após rever o momento.


“Eu fui para o programa porque eu queria viver. Eu queria outros problemas além do pronome. Quando eu me vejo mais uma vez tendo que me deparar com essa situação, eu pensei em uma maneira de tornar isso mais leve para mim”, completou. “Eu queria ser a Lina Pereira”.
Com a dinâmica final do programa, a artista precisaria classificar os restantes da casa com adjetivos. Lina classificou Arthur como exterminador e vilão, Scooby como negociador e Jessi como fofoqueira. Por fim, ela ainda disse que a dupla perfeita da edição é P.A. e Scooby.

Foto: Divulgação.

Por Folha Press

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha e comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos a partir do conteúdo editorial do jornal Folha de S.Paulo, do jornal Agora e de parceiros em todos os Estados do país. O serviço da Folha Press foi contratado pela Casa 1 em março de 2021 para estimular o acesso à informação de qualidade, com responsabilidade ética e jornalística e é publicado junto de conteúdos produzidos pela equipe de comunicação e outra agências de notícia independentes, igualmente qualificadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *