Começamos 2022 com muita coisa rolando aqui na Casa 1. Apesar das restrições impedirem o andamento de algumas atividades presenciais, como os shows que planejamos para o Dia da Visibilidade Trans, as atividades não pararam! 

Com os textos de “prestação de contas”, buscamos comunicar as pessoas que apoiam e financiam o projeto sobre as atividades que realizamos, um hábito que mantemos desde o início da Casa 1. 

Nossa equipe de pessoas contratadas segue atuando para que o público que atendemos possa receber o cuidado e o auxílio que merecem, e aproveitamos para agradecer também a dezena de voluntários, voluntárias e voluntáries, que doam seu tempo para que o projeto possa seguir existindo. Obrigada! 

Vamos às prestações de contas de janeiro! 

O centro de acolhida continua recebendo moradores e moradoras que possuem acompanhamento em saúde mental, clínica e sexual. Além do auxílio da equipe de empregabilidade e planejamento financeiro, os e as jovens acolhidas participam de atividades educativas no campo de línguas e corpo e criação.  

Na clínica social, que se dividiu para servir de espaço de isolamento para acolhidos fazerem quarentena, atendimento do projeto PrEP 15-19, continua com os atendimentos ao público de forma online. A equipe realizou 10 atendimentos psiquiátricos, 13 Plantões de Escuta e 59 atendimentos de psicoterapia continuada.

O Centro Cultural, que agora atua como principal ponto de atendimento para a população vulnerável e em situação de rua,  distribuiu 120 cestas básicas, 200 kits de higiene menstrual, 200 kits de roupa e 900 máscaras e 250 kits de higiene. No Galpão, foi implementado um bebedouro coletivo com água filtrada possibilitando o acesso à água potável para todas as pessoas que precisarem, de forma gratuita e universal.

Já a Biblioteca Comunitária Caio F. Abreu recebeu 1758 títulos de doações, entre eles livros, revistas, DVDs, CDs e HQs. No “Balaio Literário” foram distribuídos 877 títulos gratuitamente e 169 kits para crianças com material de leitura, desenho, pintura e/ou escolar. A biblioteca também repassou para outras instituições 1549 títulos e através do projeto recibo foram produzidos e distribuídos 150 metros de textos literários e atividades para a comunidade. O Marca-texto, podcast de mediação de leitura coordenado pela equipe da biblioteca, publicou dois novos episódios: Confissões ao Mar e Neca. A equipe também realizou uma formação para 61 novos voluntários e voluntárias.

Em parceria com a Editora Monstra, os GT de Saúde e Jurídico lançaram, respectivamente, o dossiê “ALOKA!  Comentando histórias sobre a patologização das vidas LGBTQIA+” e a cartilha “Retifiquei. E agora?” em parceria com a equipe da iniciativa PoupaTrans

As equipes de Programação, Educativo e Profissionalizante estão em fase de planejamento e produção. 

Se você quer ajudar tudo isso a continuar acontecendo, basta clicar aqui!

Por Casa 1

A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. Sua estrutura é orgânica e está em constante ampliação, sempre explorando as interseccionalidade do universo plural da diversidade. Contamos com três frentes principais: república de acolhida para jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) expulsos de casa, o Galpão Casa 1 que conta com atividades culturais e educativa e a Clínica Social Casa 1, que conta com atendimentos psicoterápicos, atendimentos médicos e terapias complementares, com foco na promoção de saúde mental, em especial da comunidade LGBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oie, divide seu email com a gente?

Assim você pode receber nossas novidades a cada mês :)

Obrigada!

ERRO!

Casa 1 will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.